Diario de Pernambuco
Busca

Saúde

Estado ultrapassa a marca de 4.500 casos confirmados de dengue este ano

Segundo governo, foram confirmadas até agora quatro mortes provocadas pela doença

Publicado em: 05/06/2024 10:44 | Atualizado em: 05/06/2024 16:13

Aedes aegypti é transmissor de arboviroses  (Foto: Arquivo)
Aedes aegypti é transmissor de arboviroses (Foto: Arquivo)
A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) divulgou, nesta quarta-feira (5), o boletim epidemiológico semanal sobre as arboviroses. Até o momento, segundo o comunicado, 4.541 casos de dengue foram confirmados, com 88 casos graves. 
 
Desde a última atualização dos números, nenhuma nova morte foi contabilizada. Quatro pessoas faleceram e tiveram o diagnóstico confirmado para a doença, no estado. 
 
O número de casos prováveis de dengue (casos em investigação somados aos confirmados), subiu para 25.994, representando um aumento de 512,5% em relação ao mesmo período de 2023. 

O monitoramento epidemiológico apontou a investigação de 31 óbitos. A investigação é realizada, inicialmente, pela equipe de Vigilância Epidemiológica do município de residência do óbito. Depois disso, o caso vai para um comitê técnico de discussão de óbito, em que diversos profissionais avaliam a causa da morte.

De acordo com os dados da SES-PE, 23% dos imóveis pernambucanos visitados configuram baixa incidência para casos de dengue. Ao todo, 57% das moradias monitoradas  têm incidência média e 19% aparecem com alta incidência de casos.

Outras arboviroses

O Boletim registrou 3.855 casos prováveis de Febre Chikungunya, tendo incidência de 42,6 casos por 100 mil habitantes e, até o momento, com 622 casos confirmados. 

O Zika vírus, que não circula há alguns anos no estado, contabiliza, atualmente, 266 casos prováveis, sendo 44 em gestantes e sem nenhuma confirmação.

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL