DOAÇÃO

Em clima junino, Hemope homenageia doadores de sangue

A ação busca convocar a população para doar sangue. Desde o final de maio, o Hemope anunciou estar com estoque crítico em todos os tipos sanguíneos.

Publicado em: 14/06/2024 11:11 | Atualizado em: 14/06/2024 14:24

 (Foto: Marina Torres/DP)
Foto: Marina Torres/DP
 
A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) promoveu, nesta sexta-feira (14), Dia Mundial do Doador de Sangue, uma ação especial para homenagear os doadores, no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife.

Ao longo da manhã, a programação contou com a apresentação dos cantores César Amaral, Cilene Menezes, Amauri Nascimento, além da alegria da Bandeira dos Santos Juninos do Bonde Bloco Carnavalesco Lírico.

“A gente aproveitou a data de hoje, o Dia Mundial do Doador de Sangue, para que os doadores que vieram hoje se sentissem homenageados. É assim que a gente os enxerga. Tem doador com mais de 100 doações. Isso é lindo”, contou a presidente do Hemope, Raquel Santana. 

Além das atrações artísticas, seis pessoas com alto número de doações registradas foram homenageadas, representando todos que se dedicam à doação de sangue.

Marinaldo Josuel foi um dos homenageados do Hemope. Ele fez 85 doações de sangue e 16 de plaquetas. 

“Eu coloquei como proposito de vida doar sangue constantemente. Eu sei da necessidade dos bancos de sangue em receberem doações, o país tem gente demais para pouca gente que doa. Então, eu venho aqui fazer minha doação com todo amor, porque sei que as pessoas precisam. Até meus 69 anos, idade limite para doar, eu estarei vindo doar”, relatou. 

Com mais de 180 doações de sangue, Nelson Tavares sente que não precisa ser homenageado. “Eu tenho que vir aqui pra tentar de algum modo cativar as pessoas a doarem. Eu doou para salvar vidas. Sangue não se cria, sangue se doa”, afirmou. 

A ação busca convocar a população para doar sangue. Desde o final de maio, o Hemope anunciou estar com estoque crítico em todos os tipos sanguíneos. 

Em nova nota, a Fundação informou “que, apesar de estar atendendo aos pedidos de transfusão, os estoques de sangue estão em níveis de alerta ou críticos. Esta situação é preocupante sobretudo para os tipos sanguíneos: O positivo, A positivo e todos os tipos Rh negativos”.
 
Como doar
 
Para doar, é preciso ter entre 16 e 69 anos e ter mais de 50kg. O Hemope Recife fica localizado na Rua Joaquim Nabuco, 171 - no bairro das Graças, e funciona de segunda a sábado, das 7h15 às 18h30. 
 
O local atende por demanda espontânea, mas para quem quiser agendar a doação o número é o 0800-081-1535. 
 
Quem não pode doar

Estar com hipotensão e hipertensão, com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos, febre e anemia no momento da doação, não podem doar. 
 
Assim como grávidas, pessoas amamentando crianças com menos de um ano e menos de 16 anos e maiores de 69 anos não podem doar. 


MAIS NOTÍCIAS DO CANAL