Diario de Pernambuco
Busca

Cidadania

Registre-se: Estado é responsável por 26% de documentos expedidos em ação em todo o Brasil

Pernambuco foi responsável pela emissão de aproximadamente 16 mil documentos durante iniciativa

Publicado em: 22/05/2024 13:07 | Atualizado em: 22/05/2024 15:46

Campanha Registre-se foi realizada em todo o país  (Foto: Arquivo)
Campanha Registre-se foi realizada em todo o país (Foto: Arquivo)
Realizada entre os dias 13 e 17 deste mês, a 2ª Semana Nacional do Registro Civil (Registre-se!) foi encerrada em todo o Brasil com quase 60 mil certidões (nascimento, casamento e óbito) garantidas. 
 
Pernambuco foi responsável pela emissão de aproximadamente 16 mil documentos.
 
Isso representa 26% de todo o país. Assim, ele virou o  estado com o maior número de registros entregues durante a ação.
 
Neste ano, os esforços se concentraram nos povos indígenas, pessoas privadas de documentação, além das certidões.
 
 Pernambuco atendeu cerca de 1.500 pessoas para a expedição da Carteira de Identidade Nacional (CIN) por meio do Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), vinculado ao Governo Estadual.
 
Além dos atendimentos realizados no Recife e na Região Metropolitana, a CGJ-PE promoveu um mutirão no município de Bom Conselho, Agreste Meridional, e às comunidades quilombolas de Angico e Flores. 
 
Os povos indígenas residentes no município de Pesqueira, Agreste Central, também receberam atendimentos. 

Parceria 

O mutirão, que garantiu a emissão de documentos básicos à população socialmente vulnerável de forma gratuita, foi realizado pela Corregedoria Nacional de Justiça.
 
No Estado, foi  coordenado pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-PE), com o apoio da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-PE).
 
A parceria incluiu, ainda, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, a Prefeitura do Recife, o Instituto de Identificação Tavares Buril, a Receita Federal, o INSS. 
 
Também participaram  a Agência do Trabalho, o CadÚnico e o Exército, contando ainda com a colaboração do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região.

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL