Diario de Pernambuco
Busca

G20

Recife sedia 3ª Reunião do Grupo de Trabalho de Pesquisa e Inovação do G20

Encontro debate importância dos países atuarem juntos no avanço da tecnologia e inovação com foco na redução da desigualdade social

Publicado em: 22/05/2024 08:40

No encontro, o GT discute temas como democratização da ciência, preservação da Amazônia, biodiversidade, transição energética, controle de pandemias e políticas de promoção da diversidade, entre outros (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP)
No encontro, o GT discute temas como democratização da ciência, preservação da Amazônia, biodiversidade, transição energética, controle de pandemias e políticas de promoção da diversidade, entre outros (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP)
Representantes de mais de 40 delegações, entre membros do G20, países convidados e organizações internacionais, participam nesta quarta-feira (22) da 3ª Reunião do Grupo de Trabalho de Pesquisa e Inovação do G20, no Recife. O evento, realizado no Cais do Sertão, é presidido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

A abertura da reunião conta com a presença da ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo Federal, Luciana Santos (PCdoB), da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), e da vice-prefeita da capital, Isabella de Roldão (PDT). 

O Recife é uma das 16 capitais brasileiras a sediar reuniões técnicas e ministeriais do G20, que tiveram início nesta terça-feira (21) em Teresina, no Piauí. O intuito é aproximar a população dos assuntos debatidos no fórum, ampliar a busca por soluções de problemas mundiais e vincular o debate dos temas específicos dos grupos de trabalho à realidade material dos lugares dos encontros.

Além disso, o grupo foi formado com o intuito de debater a importância dos países trabalharem juntos com o objetivo de investir em pesquisa e inovação para reduzir a desigualdade social e a diferença no acesso às pesquisas.

No encontro, o GT discute temas como democratização da ciência, preservação da Amazônia, biodiversidade, transição energética, controle de pandemias e políticas de promoção da diversidade, entre outros. 

Nesta quinta-feira (23), será realizada uma reunião no  auditório É do Povo, no Cais do Sertão, com o tema “Como os governos e empresas locais têm fomentado a inovação aberta em Pernambuco?”, para apresentar o ecossistema de tecnologia e inovação do Porto Digital.

Sobre o G20

Também conhecido como Grupo dos Vinte, o G20 surgiu após uma série de crises econômicas que afetaram diversos países na década de 1990. No ano de 1999, o grupo formou um fórum composto por países industrializados e emergentes para discutir  questões econômicas e financeiras mundiais.

O G20 possui uma forte influência em questões de governança e economia mundiais e é composto atualmente por 19 países dos cinco continentes, pelo o fórum a União Europeia e pela União Africana. De acordo com o Ministério do desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, o grupo agrega dois terços da população mundial, cerca de 85% do PIB global e 75% do comércio internacional.

O G20 é dividido em dois eixos, são eles a Trilha de Sherpas e a Trilha de Finanças. A primeira é comandada por representantes dos líderes do G20, que supervisionam as negociações, discutem os pontos que formam a agenda da cúpula e coordenam a maior parte do trabalho.

Atualmente, sob a presidência do Brasil, esta trilha tem como foco a Aliança Global contra a Fome e a Pobreza e outra para a Mobilização Global contra a Mudança do Clima.

Enquanto isso, a Trilha de Finanças aborda temas estratégicos sob a coordenação dos ministros das Finanças e presidentes dos Bancos Centrais dos países-membros, totalizando sete Grupos de Trabalho e uma Força-Tarefa Conjunta de Finanças e Saúde.
Tags: inovação | tecnlogia | g20 | recife |
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL