Exploração sexual

Polícia Civil realiza ações de prevenção ao abuso sexual infanto-juvenil em Tamandaré

As ações seguem até esta terça-feira (14)

Publicado em: 13/05/2024 19:00 | Atualizado em: 13/05/2024 19:50

Uma das medidas adotadas pela Polícia Civil é a instalação de uma Delegacia Móvel para dar apoio às atividades realizadas pelo DPCA e DPMUL (Foto: PCPE/Divulgação)
Uma das medidas adotadas pela Polícia Civil é a instalação de uma Delegacia Móvel para dar apoio às atividades realizadas pelo DPCA e DPMUL (Foto: PCPE/Divulgação)
A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) realiza nesta segunda (13) e terça (14) atividades voltadas para o público infanto-juvenil, buscando prevenir que elas sejam vítimas de abuso sexual e proporcionando a cidadania também para as suas famílias.

As ações serão feitas em Tamandaré e fazem parte da campanha Maio Amarelo, que visa combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. 

As atividades serão promovidas das 9h às 16h na Unidade de Planejamento e Coordenação de Eventos (UNICEV), na Diretoria de Recursos Humanos (DIRH), no Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), no Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) e no Departamento de Polícia da Mulher (DPMUL).

Delegacia móvel

Uma das medidas adotadas pela Polícia Civil é a instalação de uma Delegacia Móvel para dar apoio às atividades realizadas pelo DPCA e DPMUL, bem como registro de Boletim de Ocorrência que, porventura, surja no decorrer dos eventos. 

Além disso, a Delegacia de Crimes Contra a Criança e Adolescentes (DECCA) e a Unidade de Apoio Técnico (UNIAT), que integram o DPCA, vão organizar rodas de conversas para crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos. 

Na terça-feira (14) serão realizadas rodas de diálogos com as mães e crianças da Creche Padre Enzo e com a participação de outras mães de escolas públicas. O IITB irá expedir a Carteira de Identidade Nacional para crianças de 6 a 15 anos, sendo 100 unidades por dia. Além disso, a DIRH vai promover ação de saúde para os policiais civis envolvidos na ação e os da delegacia local e adjacências.

Nesta segunda-feira foram feitas ações preventivas de violência contra a mulher com panfletagem e com uma oficina pedagógica para os policiais da Delegacia de Tamandaré e do entorno, podendo ser entendida para policiais militares que atuam na área.

Abuso sexual contra crianças em Pernambuco

Pernambuco registrou em 2023 mais de 70 mil denúncias de crimes sexuais praticados contra crianças e adolescentes pela internet. Dados do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania apontam que, no ano passado, o sistema Disque 100 recebeu 735 queixas de abuso e exploração sexual contra a infância no estado.

Entre janeiro e março deste ano, segundo a Polícia Civil, foram registrados 53 casos de violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no ambiente virtual.

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL