Diario de Pernambuco
Busca

Segurança

Estado faz primeira prisão com reconhecimento facial em jogos de futebol

Captura de suspeito de roubo de cargas aconteceu neste domingo (26), antes da partida pela semifinal da Copa do Nordeste 2024

Publicado em: 27/05/2024 18:50

O homem é suspeito de ter roubado cargas em maio de 2021, na BR-101, no município de Ribeirão, na Mata Sul (Foto: Divulgação/SDS)
O homem é suspeito de ter roubado cargas em maio de 2021, na BR-101, no município de Ribeirão, na Mata Sul (Foto: Divulgação/SDS)
A Secretaria de Defesa Social (SDS) realizou a primeira prisão utilizando câmeras de reconhecimento facial nos principais acessos aos estádios de futebol do Estado. A prisão foi feita neste domingo (26) momentos antes do início da partida entre Sport e Fortaleza, pela semifinal da Copa do Nordeste 2024, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata,

De acordo com a pasta, o suspeito era um homem de 28 anos que foi flagrado pelas câmeras por volta das 17h30, no portão H do Estádio Governador Carlos Wilson Campos.

Na ocasião, policiais do Batalhão de Choque (BPChoque), com apoio de agentes de Inteligência, deram cumprimento ao mandado de prisão. O homem é suspeito de ter roubado cargas em maio de 2021, na BR-101, no município de Ribeirão, na Mata Sul.

Reconhecimento facial

A instalação do sistema é um dos métodos utilizados pela Secretaria de Defesa Social para combater a criminalidade no estado. O uso das câmeras nos portões de acesso aos estádios foi um dos encaminhamentos da reunião do Juntos pela Segurança realizada em fevereiro. 

A SDS, ao lado da Casa Civil do Governo do Estado, clubes, Federação e órgãos parceiros, anunciou diversas medidas visando proporcionar maior segurança aos verdadeiros torcedores e combater episódios de violência no futebol, provocados por criminosos infiltrados nas torcidas. 

Para implantação da tecnologia, a Secretaria de Defesa Social solicitou aos dirigentes dos principais clubes do estado um apoio logístico, incluindo instalação de pontos de internet e de energia, o que vem sendo atendido. 

"Esta tecnologia de ponta possibilita que os foragidos da Justiça, com mandados de prisão válidos e pendentes de cumprimento, sejam identificados, por meio do cruzamento de dados com cerca de 15 mil fotografias de procurados pela Justiça, que integram o sistema do Banco Nacional de Mandados de Prisão", pontuou o secretário da SDS, Alessandro Carvalho.
 
De acordo com o secretário, a identificação é feita por uma equipe técnica da Inteligência, que fica responsável por checar todas as informações, antes de qualquer tomada de decisão.

"A segurança no futebol é tema relevante para a SDS e, por isso, o Grupo de Trabalho (GT) Futebol tem buscado parcerias na consecução dos planejamentos operacionais e ampliado o uso de tecnologia na prevenção à criminalidade. Acreditamos que toda ferramenta tecnológica disponível deve ser utilizada em prol da segurança da população", esclareceu a secretária Executiva de Defesa Social, Dominique de Castro Oliveira, que coordena o GT Futebol da SDS.

Câmeras de reconhecimento facial já foram utilizadas no carnaval

Pernambuco utilizou pela primeira vez a tecnologia de reconhecimento facial para identificar criminosos no carnaval deste ano. O objetivo foi identificar cerca de 15 mil criminosos com mandados de prisão em aberto no estado.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL