Diario de Pernambuco
Busca

Violência

Duas mulheres são assassinadas no Grande Recife em menos de 24 horas

Em Jaboatão, Polícia Civil investiga feminicídio. Outro crime é tratado como homicídio e aconteceu em Olinda

Publicado em: 20/05/2024 12:33 | Atualizado em: 20/05/2024 12:48

Karen foi achada morta dentro de casa, no bairro de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes  (Foto: Redes Sociais )
Karen foi achada morta dentro de casa, no bairro de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes (Foto: Redes Sociais )
Em menos de 24 horas, duas mulheres foram assassinadas no Grande Recife.
 
Os crimes foram registrados entre o domingo (19) e esta segunda-feira (20) pela Polícia Civil. 
 
Um deles aconteceu  em Jaboatão dos Guararapes. Uma mulher de 25 anos foi encontrada morta dentro de casa. 
 
O corpo da vítima foi achado com diversos sinais de ferimentos causados por arma branca. 
 
A ocorrência foi registrada pela Força-Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Sul como feminicídio. 
 
O corpo da vítima foi encontrado no quarto da residência onde ela morava, na Rua Frei Caneca, no bairro de Cajueiro Seco, 
 
A vítima foi identificada como Karen Beatriz da Silva. 
 
Segundo informes preliminares, o cadáver foi achado em estado avançado de decomposição. 
 
Após passar por perícia do Instituto de Criminalística (IC), o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área Central do Recife. 

Outro caso

No domingo, a Polícia Civil registrou a ocorrência em que uma mulher, de nome e idade desconhecidos, foi morta a tiros em via pública, na Comunidade de Cabo Verde, no bairro de Sapucaia, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). 

O caso foi registrado por uma equipe da Força-Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Norte como homicídio. 

Segundo a Polícia Civil, será realizada uma perícia necropapiloscópica para a identificação do corpo por meio de impressões digitais.

O caso deve ser investigado pela 9ª Delegacia de Homicídios de Olinda, integrada ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). 

Feminicídios 

Em Pernambuco, o mês de abril é marcado como o período de conscientização e combate ao feminicídio, que acontece quando a mulher é morta por uma questão de gênero.  

No primeiro trimestre deste ano,  Pernambuco registrou 17 feminicídios. Foram três casos a menos dos contabilizados no mesmo período de 2023, quando foram somadas 20 ocorrências

Nos 12 meses do ano passado, o Estado contabilizou 81 feminicídios, o que equivale a uma média mensal de seis casos.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL