Diario de Pernambuco
Busca

Samu

Novas ambulâncias do Samu serão destinadas a 30 municípios de Pernambuco

Em todo o Brasil, 12,2 milhões de pessoas serão beneficiadas com 537 novas ambulâncias

Publicado em: 02/04/2024 17:47

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Novas viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) serão distribuídas em 30 municípios de Pernambuco. A iniciativa faz parte da primeira etapa do novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), eixo Saúde, nas modalidades SAMU 192 e Centrais de Regulação de Urgências.

Estas modalidades devem beneficiar 12,2 milhões de pessoas com a doação de 537 novas ambulâncias que serão distribuídas em todo o país e com a construção de 14 novas Centrais. Somadas, as duas ações vão elevar a cobertura nacional do serviço de atendimento móvel de urgência de 87% para 93% da população.

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 2,7 mil propostas foram selecionadas para execução no eixo Saúde do Novo PAC.  Ao todo, 14 municípios de oito estados serão beneficiados com as viaturas do Samu, que foram adquiridas com o investimento de : R mil.

O Novo PAC é um programa de investimentos coordenado pelo Governo Federal, em parceria com o setor privado, estados, municípios e movimentos sociais. O objetivo é acelerar o crescimento econômico e a inclusão social, gerando emprego e renda, e reduzindo desigualdades sociais e regionais. 

O programa está organizado em medidas institucionais e em nove eixos de investimento. No eixo saúde, o Novo PAC vai investir R$ 31,5 bilhões até 2026, viabilizando a universalização de serviços essenciais na rede pública.

A primeira etapa do Novo PAC na área da saúde ainda prevê ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Centros Especializados em Reabilitação (CER), unidades odontológicas móveis, oficinas ortopédicas, policlínicas e maternidades. Nesta primeira etapa o investimento foi de R,6 bilhões.

Tags: pernambuco | saúde | samu |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL