Diario de Pernambuco
Busca

OPERAÇÃO SEMANA SANTA

Semana Santa: sobe número de mortes nas estradas federais que cortam Pernambuco

Segundo PRF, em 2024, foram 36 acidentes com 31 feridos e 5 mortos. Em 2023, houve 33 colisões, com 41 feridos e três mortes

Publicado em: 01/04/2024 12:06 | Atualizado em: 01/04/2024 12:27

A infração mais verificada foi o excesso de velocidade, com 442 imagens de veículos cometendo essa infração (Foto Divulgação/PRF-PE)
A infração mais verificada foi o excesso de velocidade, com 442 imagens de veículos cometendo essa infração (Foto Divulgação/PRF-PE)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) concluiu, à meia-noite de domingo (31), a Operação Semana Santa nas rodovias federais de Pernambuco.
 
O destaque foi o aumento do número de mortes no feriadão. 

Entre os dias 28 a 31 de março, foram registrados 36 acidentes, com 31 feridos e cinco mortes nas BRs que cortam o estado.
 
No ano passado, a operação foi realizada entre os dias 6 a 9 de abril. No Período, foram 33 colisões de trânsito, com 41 feridos e três mortes.

Do total de mortes, três envolveram atropelamento de pedestre e duas envolveram ciclistas. 
Em três casos, os veículos envolvidos não foram localizados.

Mais números

Em quatro dias, foram fiscalizados 2.027 veículos e 2.787 pessoas, sendo emitidas 1.767 autuações por diversas infrações.

A infração mais verificada foi o excesso de velocidade, com 442 imagens de veículos cometendo essa infração. 

Em seguida, destacam-se as ultrapassagens em local proibido (250), o não uso do cinto de segurança (60) e do capacete (35), a alcoolemia ao volante (33) e a falta dos equipamentos para transporte de crianças (24).

As ações educativas alcançaram 2.872 pessoas, através de abordagens educativas e do Cinema Rodoviário. 

Um total de 46 auxílios foram prestados a motoristas que tiveram problemas com o veículo e 101 animais de grande porte foram retirados das rodovias.

O enfrentamento à criminalidade resultou em três veículos recuperados e nove pessoas detidas por diversos crimes, como receptação, uso de documento falso e por crimes ambientais.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL