Diario de Pernambuco
Busca

Posse

TJPE empossa novos coordenadores da Ouvidoria-Geral e promove primeira reunião com novo ouvidor

O evento foi promovido no Palácio da Justiça

Publicado em: 08/03/2024 22:20

A posse, que ocorreu no Dia Internacional da Mulher, também foi marcada pela presença feminina, (Foto:  Ivaldo Reges/TJPE)
A posse, que ocorreu no Dia Internacional da Mulher, também foi marcada pela presença feminina, (Foto: Ivaldo Reges/TJPE)

Os novos coordenadores da Ouvidoria-Geral de Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) tomaram posse em uma cerimônia promovida na sala do Conselho da Magistratura, no Palácio da Justiça, nesta sexta-feira (8).

O evento contou com a primeira reunião presidida pelo novo ouvidor-geral do Judiciário estadual pernambucano, desembargador Waldemir Tavares de Albuquerque Filho. Ele e o vice-ouvidor, desembargador Antônio Fernando Araújo Martins, tomaram posse no dia 5 de fevereiro deste ano.

A posse, que ocorreu no Dia Internacional da Mulher, também foi marcada pela presença feminina, uma vez que a coordenação do órgão é formada em sua maioria por mulheres.

Durante a cerimônia, tomaram posse a coordenadora da Defesa das Mulheres, juíza Roberta Viana Jardim, a coordenadora da Defesa dos Direitos Humanos, Laura Amélia Moreira Brennand Simões, a coordenadora de Sustentabilidade, Ana Roberta Souza Maciel de Lira Freitas, além do coordenador de Relacionamento com o 1º grau, juiz Laiete Jatobá Neto e do coordenador das Questões Relativas à Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD, juiz Leonardo Costa de Brito.

"Além desse momento importante em reunir os recém empossados/as coordenadores e coordenadoras da Ouvidora-Geral do TJPE para alinhar os novos objetivos que, com certeza, serão direcionados para melhor atender à população, estabelecer metas e trabalhos em razão da defesa dos direitos das mulheres, uma solenidade, neste dia 8 de março, é significativa e importante para valorizar a luta pela igualdade e pela presença feminina no Judiciário", destacou o ouvidor-geral de Justiça do TJPE. 

Representatividade feminina

"Com a proposta da Ouvidoria em priorizar a defesa da mulher, que sofre violência de todas as formas ou assédios, vamos dar mais atenção às Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher no sentido de que os magistrados (as) dessas unidades possam realizar seu trabalho de forma efetiva e o mais célere possível. Ou seja, a nossa prioridade será a prestação jurisdicional se sobrepondo à violência", afirmou a coordenadora da Defesa das Mulheres, Roberta Viana Jardim.

"Sinto-me honrada em fazer parte da Coordenadoria de Direitos Humanos, da Ouvidoria-Geral de Justiça e ter assumido a função na data de hoje, Dia Internacional da Mulher, ganha relevância na luta por garantir que as mulheres deixem de ter violados os seus direitos", ressaltou a coordenadora da Defesa dos Direitos Humanos, Laura Amélia Moreira Brennand Simões.

"É importante enfatizar hoje que a representatividade feminina na Coordenadoria da Ouvidoria-Geral do TJPE é um sinal de avanço da conquista das mulheres, digno de registro, num dia simbólico de toda uma luta. Realmente, enquanto mulher, dá conta de todas as nossas demandas, de exercer cargo de gestão, e de enfrentar tantos desafios, diariamente, é motivo para comemorar", pontuou a coordenadora de Sustentabilidade, Ana Roberta Souza Maciel de Lira Freitas.

Tags: ouvidoria geral | posse | tjpe |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL