Diario de Pernambuco
Busca

PROGRAMAÇÃO

Recife 487 anos: Boi Voador e exposição militar marcam aniversário no fim de semana

Eventos são gratuitos e acontecem no sábado (16) e domingo (17)

Publicado em: 15/03/2024 11:54

O público vai embarcar em uma viagem no tempo e se emocionar com O Boi Voador, uma experiência teatral imperdível que promete surpreender e encantar a todos (Foto: Divulgação/PCR)
O público vai embarcar em uma viagem no tempo e se emocionar com O Boi Voador, uma experiência teatral imperdível que promete surpreender e encantar a todos (Foto: Divulgação/PCR)
Ainda em comemoração aos 487 anos do Recife, as programações da cidade estão com as agendas repletas de atrações para a população da cidade.

As festividades continuam amanhã (16) e se estendem até o próximo sábado (23/03). 

O público poderá conferir a exposição militar no parque da macaxeira amanhã (16) e do espetáculo teatral Boi Voador, no domingo (17), além do festival de jazz que acontece no parque Santana, no dia 23.

No sábado (16), o público vai conhecer de perto o mundo militar na Exposição do Exército, que estará no Parque da Macaxeira. 

Será uma experiência única, onde terá acesso a uma variedade de equipamentos de emprego militar, com viaturas e motocicletas, assim como as tecnologias utilizadas pelo Exército Brasileiro. 

Esta exposição proporcionará aos visitantes uma visão privilegiada do trabalho e da dedicação dos nossos soldados.

No domingo (17), o público será transportado de volta ao século XVII para rememorar momentos e personagens marcantes do período holandês em Pernambuco através do espetáculo teatral Boi Voador, cujo palco será o Marco Zero, a partir das 18h. 

A peça teatral vai mergulhar recifenses e turistas em um turbilhão de emoções e intrigas que permeiam a história da cidade desde a época da chegada de Maurício de Nassau para governar a Nova Holanda. 

E o ponto mais icônico dessa governança não pode ser esquecido, justamente o momento em que Nassau "fez um boi voar". 

Uma cena que ficará gravada na memória de todos os espectadores. 

Uma história envolvente, que mistura cultura, humor e uma pitada de fantasia. O público vai embarcar em uma viagem no tempo e se emocionar com O Boi Voador, uma experiência teatral imperdível que promete surpreender e encantar a todos.

Festival de Jazz do Recife invade o Parque Santana no dia 23 de março

Realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Turismo e Lazer, evento vai receber artistas de renome local e nacional, como Jorge Vercillo, Liv Moraes, maestro Spok e as bandas Vintage Pepper e Uptown Band

O charmoso Parque Santana, no coração da Zona Norte recifense, vai se deixar levar pelos embalos do jazz. 

O espaço vai receber, no próximo dia 23 de março, a primeira edição do Festival de Jazz do Recife. 

Com a participação de artistas de renome local e nacional, a exemplo do cantor Jorge Vercillo, da cantora Liv Moraes, do maestro Spok e das bandas Vintage Pepper e Uptown Band, o festival é uma realização da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Turismo e Lazer. 

O evento integra a programação de comemorações do aniversário de 487 anos da capital pernambucana. Os shows são gratuitos e vão acontecer a partir das 15h30.  

Durante conversa, na tarde desta quinta (14), com alguns artistas que vão se apresentar no festival, o secretário Antonio Coelho sublinhou o charme do evento e também a oportunidade de utilizar espaços públicos em ações que agreguem valor à cidade e aos cidadãos.

“Temos a expectativa de fazer um evento grande, organizado, que agregue valor ao Recife. Vai ser algo muito positivo para a nossa cena cultural. Além disso, também faz parte da nossa pretensão dar mais vida aos nossos espaços públicos. O Parque Santana é um dos mais bonitos que a gente tem, com uma ótima localização. Apostamos no sucesso do evento”, pontuou o gestor, ressaltando o caráter acolhedor do Parque e seu grande potencial para a realização de atividades culturais. 

O secretário recebeu, em seu gabinete, as cantoras Liv Moraes, Adriana Papaleo (Uptown Band) e Bianca Vieira (Vintage Pepper).

Ao longo da conversa, o secretário externou ainda a intenção de tornar o festival, a partir desta edição, uma atividade perene, fazendo com que a cidade passe a ter um selo próprio nesse cenário musical. 

“O Festival de Jazz do Recife tem potencial para se transformar em uma atração fixa no calendário de eventos da nossa cidade. Vamos trabalhar para inseri-lo no circuito do gênero como um produto cultural assim como outros que já existem em diversas partes do mundo, reunindo na programação diversos estilos musicais, a exemplo do jazz, blues, outros tipos de música instrumental, erudita, cultura popular e bossa nova”, assinalou.

O Festival de Jazz do Recife vai levar ao Parque Santana um formato leve, espontâneo, em uma verdadeira celebração à música. 

Artistas locais e nacionais vão promover uma grande interação entre si ao mesmo tempo em que estabelecem uma conexão com o público presente. No intervalo das apresentações, a Móbile Jazz Band será responsável por animar o público.

Confira a programação

15h30 - Derico e Sexteto do Jô com maestro Spok
17h - Vintage Pepper e Jefferson Gonçalves
18h30 - Uptown Band com Armandinho, Eric Assmar e Liv Moraes
20h - Serial Funkers com Simoninha, Luana Camarah e Léo Gandelman
21h30 - Jorge Vercillo

A Móbile Jazz Band vai tocar nos intervalos das apresentações do palco.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL