Diario de Pernambuco
Busca

DP SOCIAL

Projeto promove assistencialismo e escuta

Nas atividades voltadas para a população de rua são entregues refeições, kits de alimentos e higiene pessoal. Projeto funciona em Santo Amaro

Publicado em: 13/03/2024 10:35

Cada ação conta com a participação de 25 voluntários (Foto: Divulgação)
Cada ação conta com a participação de 25 voluntários (Foto: Divulgação)
Com o foco em ajudar pessoas carentes através do assistencialismo e de uma escuta sensível, o projeto Sou Grato surgiu em 2018, formado por um grupo de amigos. O projeto tem o propósito de doar comida e itens de higiene pessoal para algumas necessidades básicas pessoas em situação de rua, também para famílias em vulnerabilidade social e para instituições sociais.

O projeto Sou Grato utiliza a sede da ONG Unificados pelas Pop Rua, que situada na Rua Major Codeceira, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Cada ação conta com a participação de cerca de 25 voluntários. Por ano, o grupo realiza em média 15 ações. “Sempre frisamos que essas pessoas que auxiliamos estão em situação de muita vulnerabilidade, onde não tem acesso a questões básicas da vida, como moradia, alimentos, água, educação, trabalho. Então a nossa forma de amenizar essa situação é indo periodicamente assistir essas pessoas com comidas e materiais básicos, oferecendo sempre uma escuta sensível para ajudá-los da melhor forma possível”, contou a fundadora do projeto, Mariana Farias. 

As atividades do grupo ocorrem nos bairros do Centro do Recife, Encruzilhada e Santo Amaro. Todas as ações acontecem mensalmente, na atividade voltada para a população de rua são entregues refeições prontas, kits de alimentos e de higiene pessoal. Para as famílias em situação de vulnerabilidade são distribuídos alimentos não-perecíveis. As instituições sociais, voltadas para pessoas com deficiência, crianças e idosos, recebem alimentos e materiais que estejam precisando para a sua manutenção. 

A idealizadora do projeto destaca que grupo vem se mantendo ao longo dos anos com sua missão de levar apoio as pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade e relembra o período desafiador durante a pandemia da Covid-19.  “Mesmo na pandemia, onde havia riscos à saúde, nos mantivemos firmes no nosso propósito de ajudar aqueles que tanto precisam. Todos os voluntários que participam tem a oportunidade de serem ativos nesse processo de preparar e distribuir alimentos, de propor novas ideias, de participar de ações em instituições”. 

Atualmente, a iniciativa necessita de doações de produtos de higiene pessoal, como sabonete, creme dental, escova de dente, papel higiênico, desodorante, barbeador e absorventes para montagem para manutenção das ações. 

Os interessados em contribuir com o trabalho do grupo podem doar alimentos não-perecíveis, itens de higiene ou se tornando um voluntário, entrando em contato pela rede social Instagram, @gruposougrato. Também é possível fazer uma doação financeira pelo Pix, cuja é: 81999902886.

Se você participa de uma Organização Não Governamental (ONG) ou conhece projeto social e deseja que a história dessa ação seja contada no DP+Social, sugira através do nosso e-mail: social@diariodepernambuco.com.br.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL