Diario de Pernambuco
Busca

Urbanismo

Programa Mais Vida entrega intervenções urbanas e sociais na Zona Norte

Rua do Anil e seu entorno, em Beberibe, receberam melhorias nas calçadas, instalação de guarda-corpo, eliminação de pontos críticos de lixo e ganhou brinquedos, quadra de futevôlei, arte urbana e oficinas educativas, com base na escuta ativa da comunidade

Publicado em: 09/03/2024 16:05

Programa fez melhorias em Beberibe  (Foto: Prefeitura do Recife)
Programa fez melhorias em Beberibe (Foto: Prefeitura do Recife)
A Prefeitura do Recife entregou, neste sábado (9),  intervenções urbanas e sociais do Programa Mais Vida, em Beberibe, na Zona Norte. 

Com um investimento total de R$ 558,5 mil, as melhorias abrangem ruas, escadarias e espaços públicos, incluindo a revitalização da Praça Chayanne. 
 
Aentrega contou com uma programação que uniu políticas públicas por meio de serviços de saúde, recreação infantil, atendimento veterinário e a participação do caminhão do Laboratório para a Primeira Infância, direcionada à comunidade.
 
O prefeito João Campos marcou presença na ação junto a colaboradores da Prefeitura.
 
"O Mais Vida chegou aqui em Beberibe, e na Praça Chayanne, requalificando. Antes, foram feitas mais de 13 oficinas de participação, para que a população escolhesse o que a gente faria aqui, e agora está feito. A gente fez a obra de encosta e depois intervenção do Mais Vida. É importante garantir proteção e que o local fique bonito também", comentou João Campos, durante a visita ao local.
 
Para dar início às obras estruturantes, foram realizadas quatro reuniões comunitárias e uma oficina de cocriação, utilizando a dinâmica do Varal dos Sonhos, com o objetivo de obter mais informações sobre as necessidades e prioridades da comunidade. Isso proporcionou aos cidadãos a oportunidade de participar ativamente dos processos de decisão que influenciaram diretamente no projeto.
 
"A implementação de ações de infraestrutura é fundamental para garantir e melhorar a qualidade de vida local, ao mesmo tempo que funciona como instrumento para unir a população em torno de um objetivo comum", destacou a Secretária Executiva de Inovação Urbana, Flaviana Gomes. 
 
Através de escutas também foi observada a predominância do público idoso na área. O Programa Mais Vida adaptou suas atividades, ministrando palestras sobre os Direitos da Pessoa Idosa, a importância da alimentação para a longevidade, oficinas de remédios caseiros, práticas de culinária sustentável e a oficina de autocuidado.
 
Além disso, foram promovidos encontros para contação de histórias, rodas de vivência, momentos de beleza, tarde de entretenimento e desafios cognitivos, assim como uma tarde brincante com as crianças, totalizando 13 oficinas que fomentaram a inclusão e o bem-estar de diversos grupos, enriquecendo a experiência dos moradores.


Ações

Ao percorrer a Rua do Anil, ponto central das intervenções do programa, é possível notar mudanças significativas para tornar o lugar mais seguro e agradável para moradores e visitantes. Inicialmente, a rua ganhou pintura na fachada das casas através de um mutirão que envolveu moradores, servidores públicos e voluntários, e teve trechos de calçada requalificados, prezando pela melhoria da acessibilidade e garantindo que todos possam desfrutar do espaço com conforto e segurança.
 
A arte urbana foi desenvolvida pelo artista Luciano Ferreira, que, após escutar a comunidade sobre o que representaria para a população, desenvolveu painéis que retratam a natureza.
 
Ao analisar os desafios e potencialidades do território e compreendendo a importância que os espaços de convivência têm para os moradores, um microvazio urbano foi transformado em um espaço lúdico dedicado às crianças, com balanço, caixa de areia, amarelinha, gangorra e escorrego. 

Além disso, foram instaladas jardineiras com o plantio de mais de 100 mudas de plantas ornamentais e um conjunto de mesas e cadeiras, incentivando momentos de pausa e a vitalidade urbana no local. A rua também ganhou dois painéis de arte urbana realizados pelas artistas Sarah Nazareth e Lin Mei Chian, por meio do Programa Colorindo o Recife.
 
A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) também promoveu uma série de iniciativas transformadoras na Rua do Anil, com destaque para a revitalização da Praça Chayenne.
 
Essa intervenção abrangeu a execução de calçadas e passeios, a instalação de bancos em concreto no entorno da praça, a colocação de guarda-corpo em todo o perímetro, a inclusão de uma mesa de jogos, bancos alegretes, mobiliário de brinquedo infantil em madeira e a criação de uma quadra de futevôlei. 
 
Após um investimento de R$ 3,8 milhões, a encosta da Rua do Anil, no bairro de Beberibe, passou por uma revitalização de 4.000m², destacando uma vibrante pintura com a frase "Eu Amo Beberibe". 
 
Os elementos da arte urbana, por sua vez, buscaram representar as características que tornam Beberibe um bairro secular, ressaltando sua importância para o desenvolvimento do Recife. Atendendo ao pedido dos moradores para o Programa Mais Vida, foi instalada uma moldura instagramável aos pés da encosta.
 
Agora, a contenção realizada, além de proteger os moradores da área contra deslizamentos de terra, é motivo de orgulho para os moradores locais. Segundo a Autarquia de Urbanização do Recife (URB), responsável pela intervenção, a obra beneficia 58 famílias, representando a proteção de mais de 300 pessoas.
 
Arte urbana é uma das propostas  (Foto: Prefeitura do Recife)
Arte urbana é uma das propostas (Foto: Prefeitura do Recife)
A intervenção do programa Mais Vida também chegou à Rua Paulo Brandão Cavalcante, transformando o início da escadaria em um "Beco do Brincar" e tornando o local mais acolhedor para a comunidade. As melhorias incluíram a reforma do piso, aprimoramento dos muros e a introdução de vasos e jardineiras para proporcionar segurança, beleza e alegria ao ambiente. 
 
A criação de um caminho lúdico repleto de brincadeiras infantis teve como objetivo estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças por meio da pedagogia urbana com jogos, brincadeiras e arte urbana realizados pelo artista Luciano Ferreira, espalhados no piso e nos muros das casas que levam até a escadaria pintada com vários tons de verde.
 
Já a Avenida Beberibe e as ruas Vitoriana e Taguatinga receberam ações de conscientização ambiental porta a porta para a eliminação de pontos críticos de lixo, incluindo a instalação de vasos e o plantio de mudas.
 
Conheça o programa

Criado em 2016, é uma política pública de inovação e resiliência urbana que busca reinventar a cidade e combater a desigualdade socioespacial. Sua missão é promover o desenvolvimento sustentável, o protagonismo comunitário e a melhoria do espaço urbano nas 545 comunidades de interesse social do Recife.
 
Desde sua implementação, o programa já beneficiou mais de 54 mil habitantes, atendendo a 60 comunidades até janeiro de 2024. Muito além dos números, um dos seus principais resultados é a mudança que vem provocando na relação de crianças, jovens e adultos com os espaços urbanos e com o meio ambiente.
 
Internacionalmente reconhecido pela ONU-Habitat, Child in The City, Urban 95 e Bernard Van Leer Foundation, o Mais Vida serve de inspiração para outras cidades adotarem estratégias inovadoras, inclusivas e sustentáveis.
 
Em 2023, o Programa Mais Vida ganhou destaque no Guia de Urbanismo Social realizado pelo Laboratório Arq.Futuro de Cidades do Insper e a Diagonal.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL