Diario de Pernambuco
Busca

VIOLÊNCIA

Motorista de aplicativo que sumiu após fazer corrida é achado morto; corpo estava algemado e com partes queimadas

Jhonny Alex Cavalcanti, de 29 anos, foi encontrado ao lado do carro, que estava carbonizado, perto da Arena de Pernambuco

Publicado em: 22/03/2024 08:53 | Atualizado em: 22/03/2024 14:34

Jhonny foi achado morto  (Foto: Redes Sociais )
Jhonny foi achado morto (Foto: Redes Sociais )
O motorista de veículo de transporte de passageiros por aplicativos que sumiu na terça (19), após fazer uma corrida, foi encontrado morto no Grande Recife.
 
Segundo informações repassadas para a polícia, o cadáver de Jhonny Alex Ferreira Cavalcanti, de 29 anos, estava algemado e parcialmente queimado.
 
O carro que ele usava para trabalhar foi achado carbonizado, no fim da tarde de quinta (21). O corpo estava ao lado do veículo, na BR-408, em São Lourenço da Mata, perto da Arena de Pernambuco. 

Entenda o caso
 
A história de Jhonny começou logo depois do desparaecimento dele. Na terça, o motorista mandou mensagem para os parentes e disse que estava finalizando corridas para voltar para casa.
 
Depois disso, não entrou mais em contato e deixou a família desesperada. 
 
Diante do desaparecimento, a esposa dele foi até a delegacia e prestou uma queixa. Por volta das 17h de quinta (21), uma pessoa que passava perto da Arena viu o carro carbonizado.
 
O corpo de Jhonny estava ao lado, com mãos e pés amarrados e marcas de queimaduras. O condutor morava no Curado IV, em Jaboatão dos Guararapes, também no Grande Recife. 

O corpo dele foi levado para o Institiuto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, na área central do Recife. 
 
Por meio de nota, a Polícia Civil disse que "as investigações seguem para apurar todos os fatos, identificar a autoria e a motivação do crime"
 
O caso está sob o comando do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL