Diario de Pernambuco
Busca

ACIDENTE

Morre motorista de aplicativo que dirigia carro que colidiu com ônibus, em Olinda

O motorista estava internado no Hospital da Restauração (HR), no Recife, mas não resistiu aos ferimentos. O passageiro segue internado

Publicado em: 18/03/2024 16:19 | Atualizado em: 18/03/2024 16:25

 (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação )
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O motorista de aplicativo que colidiu o carro onde estava com um ônibus, em Olinda, no Grande Recife, morreu.

A informação foi confirmada pela assessoria de Imprensa do Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área Central do Recife, onde a vítima estava internada em tratamento clínico em decorrência das múltiplas lesões causadas pela colisão. 

O passageiro do veículo de passeio que também ficou gravemente ferido segue internado em um hospital particular no Recife. No entanto, até a última atualização desta matéria, não havia informações sobre o estado de saúde da vítima. 

O acidente ocorreu por volta das 4h30, na Avenida José Augusto Moreira, no bairro de Casa Caiada. 

O carro de passeio colidiu frontalmente com o ônibus que fazia a linha 2920- Rio Doce/CDU. O impacto deixou o veículo totalmente destruído, enquanto o coletivo ficou com algumas danificações, principalmente na parte dianteira. 

O ônibus, segundo testemunhas, seguia no sentido Olinda/Paulista. O carro de aplicativo trafegava na pista contrária. 
 
Imagens que circulam nas redes mostram o carro totalmente destruído. O ônibus também teve danos na parte dianteira.
 
Peças dos veículos ficaram espalhadas na pista, que teve trecho bloqueado. 

Após a colisão, peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local para realizar perícia em ambos os veículos. Informações extraoficiais dão conta que a perícia já identificou, por meio de sinais de frenagem e outras evidências, que um dos veículos envolvidos no acidente havia acessado a contramão, assim, resultando no impacto. 

No entanto, somente na conclusão do laudo pericial, em até 30 dias, é que o IC dirá qual dos veículos fez a manobra irregular que resultou na colisão. 

Os bombeiros disseram, por meio de nota, que duas viaturas foram mobilizadas, sendo uma de resgate e uma de apoio operacional. 
 
"Duas vítimas que estavam no carro foram retiradas pelos bombeiros, uma delas encontrava-se presa às ferragens e foi necessária a utilização de técnicas de desencarceramento e resgate veicular para removê-la", informou a nota. 
 
Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também participaram da ocorrência. 
 
As causas do acidente não foram divulgadas. Há a suspeita de que o carro estava em alta velocidade.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL