Diario de Pernambuco
Busca

SAMBA

Samba e muita atração cultural tomaram conta do Marco Zero, neste domingo

No final da tarde o Recife Antigo estava lotado de crianças com seus familiares que aproveitavam a festa; Também foi possível observar desfiles de Maracatus na Rua da Moeda

Publicado em: 11/02/2024 21:09 | Atualizado em: 12/02/2024 08:35

O samba foi o grande homenageado no palco principal do Recife Antigo (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)
O samba foi o grande homenageado no palco principal do Recife Antigo (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)


Neste domingo de Carnaval (11.02), as principais atrações do Recife Antigo foram as famílias que compareceram e levaram suas crianças; e o samba, ritmo representado pelas apresentações das escolas de samba campeãs do ano passado.

Fantasiados de Avatar, um casal de recifenses curtiam a festa e falaram como estava a sensação de brincar o carnaval (Foto:Rômulo Chico/DP fotos)
Fantasiados de Avatar, um casal de recifenses curtiam a festa e falaram como estava a sensação de brincar o carnaval (Foto:Rômulo Chico/DP fotos)


Fantasiados de Avatar, um casal de recifenses curtiam a festa e falaram como estava a sensação de brincar o carnaval. “É o melhor Carnaval que temos, e o pessoal tem que preservar isso aqui, que é cultura pra todo mundo. Todos os anos, estamos na abertura do Carnaval, e depois a gente vai pro Galo, e emenda domingo, segunda, terça, só aqui no Marco Zero” declarou o eletricista autônomo Robson Menezes, de 57 anos que estava acompanhado da esposa Thelma Menezes, de 60.

A tribo Índios Ubirajara de Itapisssuma, que se apresentou fazendo a dança indígena %u2018Toré%u2019, uma manifestação cultural de grande importância para os indígenas (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)
A tribo Índios Ubirajara de Itapisssuma, que se apresentou fazendo a dança indígena %u2018Toré%u2019, uma manifestação cultural de grande importância para os indígenas (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)


No palco da Praça do Arsenal foi possível conferir apresentações de matrizes culturais, como a tribo Índios Ubirajara de Itapisssuma, que se apresentou fazendo a dança indígena ‘Toré’, uma manifestação cultural de grande importância para os indígenas, envolvendo tradição, música, religiosidade e brincadeira. A cerimônia inclui ainda uma dança circular, em fila ou pares, acompanhada por cantos ao som de maracás, zabumbas, gaitas e apitos.

O frevo, ritmo anfitrião do período momesco, também esteve presente com o bloco Flor do Eucalipto, que vem ao Recife todos os anos de Moreno, localizado na região Metropolitana do Recife. A presidente da agremiação, Evanise Pereira da Silva, de 80 anos, lembrou a história do bloco, que completou 24 anos.

O bloco Flor do Eucalipto, que vem ao Recife todos os anos de Moreno, localizado na região Metropolitana do Recife (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)
O bloco Flor do Eucalipto, que vem ao Recife todos os anos de Moreno, localizado na região Metropolitana do Recife (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)


“O Bloco foi criado por um grupo de amigos, após um desfile carnavalesco e tiveram a ideia de recordar os antigos carnavais. Eles foram convidando pessoas que foram aderindo a ideia e estamos desfilando há 24 anos. Eu sou fundadora também. Todos os anos a gente vem aqui para a Rua da Moeda e para o Marco Zero amanhã, no dia 12. Aproveitando todos os dias do Carnaval”, disse.

À medida que a tarde avançava, o Bairro do Recife foi se tornando um verdadeiro “mar” de pessoas que iam se aglomerando e demarcando seus espaços para curtir a festa sem perder nada do carnaval. As amigas arquitetas e moradoras do bairro de Boa Viagem também vieram prestigiar o carnaval de rua do Recife Antigo.

As amigas arquitetas e moradoras do bairro de Boa Viagem também vieram prestigiar o carnaval de rua do Recife Antigo (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)
As amigas arquitetas e moradoras do bairro de Boa Viagem também vieram prestigiar o carnaval de rua do Recife Antigo (Foto: Rômulo Chico/DP fotos)


Para as arquitetas Ilka Rosas e Conceição Lemos o carnaval está lindo de se ver. “Aqui tem muita opção, ou você acompanha o bloco, ou você assiste shows maravilhosos no Marco Zero. Muita segurança, tranquilidade no acesso, viemos no expresso da folia e foi super tranquilo,  tem uma via especial só para ele, sem engarrafamento. O carnaval tá nota mil é emocionante! Vamos ficar até o final, todos os dias”, finalizou.

Veja como foi a apresentação:

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL