Diario de Pernambuco
Busca

CAPACITAÇÃO

Protocolo Violeta: Equipes de bares e restaurantes concluem capacitação

Publicado em: 06/02/2024 12:06

 (Foto: Reprodução/Freepik)
Foto: Reprodução/Freepik
Funcionários de bares e restaurantes estão concluindo esta semana a capacitação do Protocolo Violeta, Lei Municipal que tem como objetivo prevenir e enfrentar a violência e a importunação sexual contra mulheres. O curso, promovido pelo Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU em parceria com a Abrasel, é online e gratuito. Nesta quarta-feira (7), às 10h, colaboradores dos restaurantes Guaiamum Gigante, Bar Real, Seu Tito, Quintal Cozinha Pra Torar, Tradição e Recanto Paraibano e representantes da Abrasel e da UNINASSAU estarão reunidos em uma ação de conclusão da capacitação.

"Esta é uma iniciativa crucial para disseminar conhecimento para as equipes dos bares e restaurantes, promovendo um ambiente mais seguro para as mulheres e para os estabelecimentos. Uma ação que destaca o compromisso conjunto com o bem-estar e a prevenção da violência", ressalta Rhaissa Soares, diretora executiva da Abrasel em Pernambuco.

A formação é voltada para colaboradores de bares e restaurantes e também para quem se interessar pelo assunto. O objetivo é preparar as pessoas para qualquer tipo de situação de assédio e/ou violência contra mulheres que venha a ocorrer nos estabelecimentos.

Ao todo, o Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU está disponibilizando quatro cursos com conteúdos sobre o protocolo. "O primeiro módulo é sobre combate à violência e importunação sexual; no segundo curso, nós vamos tratar sobre o aparato jurídico-legal; o terceiro sobre os protocolos de intervenção e como aplicar esse Protocolo Violeta, Lei Municipal do Recife lançada no mês de novembro de 2023. E teremos o quarto tema que é violência, gênero, raça e classe", explica Sérgio Murilo Jr., Diretor de Governança Social do Grupo Ser Educacional.

Para se inscrever no curso, basta acessar este link.

Protocolo Violeta

O Protocolo Violeta é uma Lei Municipal, de autoria das vereadoras Andreza Romero e Cida Pedrosa, que tem como objetivo prevenir e enfrentar a violência e a importunação sexual contra mulheres, bem como o de promover o acolhimento da pessoa em situação de violência no espaço público, em especial em estabelecimentos comerciais como bares, restaurantes, hotéis e motéis, casas noturnas e academias de ginástica no município do Recife.

São princípios do Protocolo Violeta: a atenção à pessoa em situação de violência, o respeito às decisões dessa pessoa, a repreensão à atitude do agressor e o distanciamento da pessoa em situação de violência. A garantia da privacidade e da presunção de inocência da pessoa em situação de violência também fazem parte dos objetivos do projeto.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL