Diario de Pernambuco
Busca

Arboviroses

Pernambuco cria comitê para enfrentar dengue, zika e chikungunya após alta de casos

Pelo menos 13,6 % das residências do estado possuem alto risco de transmissão de arboviroses

Publicado em: 19/02/2024 18:15

Pernambuco tem registrado alta nos casos de arboviroses (Foto: Reprodução/Freepik)
Pernambuco tem registrado alta nos casos de arboviroses (Foto: Reprodução/Freepik)
Pernambuco vai ganhar um Comitê de Enfrentamento das Arboviroses por conta do aumento de casos de doenças como dengue, chikungunya e zika no estado. A determinação foi feita pelo Governo de Pernambuco através da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (19).

De acordo com a pasta, o comitê vai observar como o sistema de saúde tem respondido ao aumento de casos diante das estratégias para combater as doenças. Uma das estratégias elaboradas visa levar mais informação para os pernambucanos sobre como combater o mosquito e orientar sobre os serviços de saúde disponíveis em casos de infecção.

Além disso, o Governo do Estado vai disponibilizar relatórios e dados destas doenças.

O Comitê de Enfrentamento das Arboviroses será formado por secretarias do Estado, instituições de pesquisa, órgãos, além de integrantes da sociedade civil com o intuito de fiscalizar com mais eficiência as atividades promovidas e intensificar as ações das Gerências Regionais de Saúde.

A comissão contará com representantes das secretarias executivas de Vigilância em Saúde e Atenção Primária, Assistência à Saúde, Regulação em Saúde, Gestão Estratégica e Coordenação Geral, além das sociedades de Terapia Intensiva, Pediatria de Pernambuco, da Sociedade Pernambucana De Infectologia e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde.

Estado já teve quase 150 casos de dengue em 2024 

Pernambuco registrou um aumento nos casos de arboviroses, doenças causadas por vírus transmitidos por mosquitos. Entre os dias 31 de dezembro de 2023 e 10 de fevereiro de 2024, pelo menos 146 pessoas foram diagnosticadas com dengue e, destes casos, quatro são considerados graves. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, Pernambuco tem 1.208 casos prováveis de dengue entre estes dias, o que representa um aumento de 113,4% se comparado com o mesmo período do ano anterior. Os municípios da Região Metropolitana registraram baixa incidência dos casos.

Além disso, há 28 casos confirmados de chikungunya neste mesmo período e 354 casos prováveis, mostrando que houve um aumento de 23,8% se comparado com a mesma época do ano anterior. 

Já o zikavírus não infectou nenhum morador entre os dias 31 de dezembro e 10 de fevereiro. Apesar disso, a Secretaria de Saúde pontuou que há 19 casos prováveis de infecção, sendo três em gestantes.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL