Diario de Pernambuco
Busca

Guerra em Itamaracá

GOE prende jovens que fizeram live na internet mostrando arma, munições e droga e desafiaram polícia a capturá-los

Em vídeo, jovens se exibem, mostram pistola inox, balas e drogas e dizem que "nem o Gati localiza".

Publicado em: 28/02/2024 07:20 | Atualizado em: 28/02/2024 16:59

Pistola inox é apresentada na live  (Foto: reprdoução/ Redes Sociais )
Pistola inox é apresentada na live (Foto: reprdoução/ Redes Sociais )
O Grupo de Operações Especiais (GOE) prendeu um adulto e apreendeu um adolescente que fizeram uma transmissão pelas redes sociais para desafiar a polícia pernambucana a capturá-los.
 
No entanto, mesmo após gravar o vídeo e desafiar as autoridades policiais, segundo a Polícia Civil, o adulto foi liberado pela Justiça após audiência de custódia para responder em liberdade. Já o menor, ficará internado por 45 dias em uma unidade de Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).  
 
Eles são moradores de Itamaracá, no Grande Recife e foram detidos na segunda (26). 
 
A cidade enfrenta uma crise de segurança pública por causa da guerra entre facções rivais por pontos de distribuição de drogas.
 
Um bebê de dez meses e uma criança de 10 anos foram mortas, este mês. 
 
Oito já pessoas foram tiradas das ruas pelas polícias  por envolvimento em crimes. 
 
Um adolescente confessou para a Polícia  Militar que matou um garoto e feriu dois irmãos dele, no dia 22 de fevereiro, para vingar a morte de um bebê, ocorrida no dia 17 do mesmo mês, na área da Biquinha, no bairro do Pilar. 
 
Live desafiadora
 
Saco com balas é mostrado na internet (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
Saco com balas é mostrado na internet (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
Nesta quarta (28), a polícia informou que o adulto e o adolescente estavam sendo acompanhados pelo GOE e foram flagrados em uma "live" na internet. 
 
As capturas foram efetuadas pelas equipes dos delegados Tenório Neto e Jorge Pinto. 
 
"Em constante acompanhamento das atividades das organizações criminosas, no caso específico as que atuam na Ilha de Itamaracá, este Grupo de Operações Especiais tomou conhecimento de uma live feita por meio do instagram onde criminosos apareciam portando arma de fogo e drogas alegando que haviam saído da referida Ilha e que seriam membros de facções em guerra no local", informou a polícia.
 
 
Depois de aprofundar as investigações, o adulto e menor que aparecem na live, desafiando as forças de segurança a capturá-los, foram encontrados em um veículo de aplicativo  e detidos em flagrante.
 
Eles estavam portando a pistola inox que aparece na imagens da live, além de saquinhos com drogas e balas.
 
“Essa investigação já vem se desenvolvendo desde o primeiro homicídio, de Gael, onde foi determinado que o GOE intensifica as investigações desses grupos criminosos que atuam na área de Itamaracá. Estamos desenvolvendo ações na Ilha, com a prisão de suspeitos de altas periculosidades que atuam na região. Porém, ainda não podemos afirmar que esses suspeitos presos têm envolvimento com as mortes das crianças. A individualização da conduta de cada um está à cargo das investigações da Divisão de Homicídios Norte. Ela tem o papel de investigar e identificar quem participou diretamente nos dois casos”, ressaltou o delegado do GOE responsável pelas prisões, José Tenório. . 
   
  
Vídeo
 
O vídeo da live circula nas redes sociais. 
 
Em um dos trechos da transmissão, um dos jovens diz: "Nós faz (sic) ligação com maconha em peso".
 
Ele também afirma que "tem bala para os homens (polícia), se eles tentarem pegar nós (sic)".
 
Eles exiberm a pistola inox, munições drogas. 
 
A legenda na página do instagram aponta: "criminosos residentes em Itamaracá realizam transmissão mostrando armas, munições e droga, em tom de deboche".
 
Em outro trecho do vídeo, um jovem afirma: "Quer saber onde estou?  Nem o Gati me localiza".
 
O Gati que foi citado é o Grupo de Apoio Tático Itinerante, da Polícia Militar.
 
Ele é formado por policiais militares treinados para atuar em ações policiais em suplementação ao policiamento ordinariamente lançado e geralmente em locais de risco que necessitem de uma maior atuação policial ou em grandes eventos. 

No fim da live, apareece uma mensagem que seria do Gati: "Em breve, vídeo". 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL