Diario de Pernambuco
Busca

Clima

Chuvas fortes devem atingir Agreste e Sertão do estado até esta quinta (22); saiba como se proteger

As chuvas fortes causaram prejuízos à famílias destas regiões e a Defesa Civil alerta como proceder nestes casos

Publicado em: 21/02/2024 17:50

Nessas regiões, a população deve seguir a orientação dos departamentos de Defesa Civi (Foto: Romulo Chico/DP)
Nessas regiões, a população deve seguir a orientação dos departamentos de Defesa Civi (Foto: Romulo Chico/DP)
A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu nesta quarta-feira (21) mais um alerta de chuvas moderadas a fortes para o Agreste e Sertão do estado. O alerta vale até esta quinta-feira (22).

Por meio de um comunicado, a agência informou que “a previsão do tempo da Apac indica continuidade de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte durante o período noturno, se estendendo até as primeiras horas da manhã (quinta-feira 22/02), por isso, estamos renovando o aviso para as regiões”.
 
Nessas regiões, a população deve seguir a orientação dos departamentos de Defesa Civil, entre elas:

  • Fechar bem as portas e janelas;
  • Evitar contato com a água de alagamentos que podem estar contaminadas;
  • Não parar o carro perto de árvores ou postes pois eles podem cair;
  • Auxiliar crianças e idosos que possuem dificuldade de locomoção;
  • Se houver sinal de movimentação do terreno da casa, procurar um local seguro;
  • Não atravessar ruas alagadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água pode arrastá-lo.

Chuvas fortes prejudicam moradores do interior do estado

A chuva provocou muitos transtornos em Garanhuns, no Agreste pernambucano, na última quinta-feira (15). Imagens divulgadas em redes sociais mostram uma verdadeira correnteza em uma avenida no centro da cidade.
 
Em um vídeo gravado por populares é possível ver um container de lixo sendo carregado pelas águas e atingindo um motociclista. Em outro registro, populares ficam impossibilitados de saírem de suas casas, em decorrência do alagamento.

Segundo informações da Defesa Civil municipal, oito pessoas ficaram desalojadas. Quatro edificações foram interditadas e duas residências desabaram.

No município de Bom Conselho, uma família ficou desalojada por conta das chuvas do dia 16 de fevereiro. A estrutura da casa ficou muito danificada e corre risco de desabamento. Pelo menos 20 pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas, mas ninguém ficou ferido.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL