Diario de Pernambuco
Busca

Tá chegando a hora

Carnaval 2024: afoxés pedem as bênçãos dos Orixás para a folia

Ialorixás e babalorixás de 29 afoxés participarão da celebração que pede proteção e paz aos Orixás durante o Carnaval

Publicado em: 07/02/2024 11:25

Cerimônia afro será realizada na quinta (8)  (Foto: Prefeitura do Recife )
Cerimônia afro será realizada na quinta (8) (Foto: Prefeitura do Recife )
A quinta-feira (8) será odia da abertura oficial do carnaval 2024, no Recife.
 
A data tambném será marcada por uma solenidade que envolve os terreiros de candomblé. 
 
É a  quinta edição do Ubuntu, uma consagração ao povo negro.
 
Este ano, ela reunirá 29 grupos de afoxé em cerimônia de lavagem simbólica do caminho da Avenuda Rio Branco até o Marco Zero, no Bairro do Recife. 
 
A cerimônia de purificação faz parte da agenda oficial do Carnaval 2024, promovida pela Prefeitura do Recife. 
 
A cerimônia representa o pedido de bênçãos dos Orixás por meio de muita dança, música, beleza, cores e axé. 
 
O que significa

Simbolicamente, o caminho da Avenida  Rio Branco até o Marco Zero passa por um ritual de purificação com um banho de ervas chamado amaci (omíeró). 
 
A cerimônia, que tem início às 6h do dia da abertura do Carnaval, envolve a preparação do amaci, composto por água misturada com ewé (folhas sagradas), feita pelas ialorixás e babalorixás dos 29 afoxés que conduzem conjuntamente todo o ritual.
 
A preparação conjunta ocorre no Núcleo Afro, localizado no Pátio de São Pedro.
 
Às 15h, os afoxés se reúnem para um cortejo pela Avenida Rio Branco até o Marco Zero, às 15h30, realizando a lavagem, pedindo proteção e distribuindo bênçãos. Das 16h às 17h30, cada afoxé se apresenta no palco do Marco Zero, entoando uma música em reverência aos Orixás. 

Afoxé
 
O afoxé representa o candomblé nas ruas, enquanto o ijexá engloba os tambores e toques específicos dedicados a cada Orixá, acompanhados por vozes e dança.
 
O Ubuntu reúne todas essas expressões no cair do sol, num espetáculo cheio de ritmos, cores, fé e tradição. Um convite para celebrar a vida e a cultura negra junto com outra grande apresentação, o Tumaraca, que acontece no palco do Marco Zero. 

Lista por ordem de antiguidade dos Afoxés: Afoxé Ara Odé, Afoxé Alafin Oyó, Afoxé Ylê Egbá, Afoxé Oxum Pandá, Afoxé Filhos de Xangô, Afoxé Povo de Ogunté, Afoxé Filhos de Dandalunda, Afoxé Omim Sabá, Afoxé Povo dos Ventos, Afoxé Oyá Alaxé, Afoxé Omo Nilê Ogunjá, Afoxé Ylê Xambá, Afoxé Oxum Jagurá, Afoxé Omó Obá Dê, Afoxé Elegbará, Afoxé Ogbon Obá, Afoxé Yami Balé Gilê, Afoxé Omo Inã, Afoxé Obá Iroko, Afoxé Babá Orixalá Funfun, Afoxé Ara Omim, Afoxé Afefe Lagbará, Afoxé Omolu Pakeru Awo, Afoxé Filhos de Ayra, Afoxé Omo Lufan, Afoxé Okulê Byí, Afoxé Oyá Egunitá, Afoxé Aganjú Aséobà, Afoxé Télá Ókó Ara Ejibô.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL