Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA DO TRÁFICO

Adolescente é apreendido e confessa envolvimento em ataque que matou menino e deixou dois irmãos dele feridos em Itamaracá

De acordo com a PM, um homem também foi preso durante uma operação na comunidade da Biquinha, no bairro do Pilar

Publicado em: 27/02/2024 08:43 | Atualizado em: 27/02/2024 10:34

Máscara, revólver e munições foram apreendidos em operação em Itamaracá  (Foto: PM/Divulgação)
Máscara, revólver e munições foram apreendidos em operação em Itamaracá (Foto: PM/Divulgação)
O ataque a tiros que matou um menino e deixou dois irmãos dele feridos, em Itamaracá, no Grande Recife, na quinta (22), foi praticado por um adolescente.

A informação foi repassada, nesta terça (27), pela Polícia Militar, que apreendeu o jovem e um outro homem, também suspeito de envolvimento no crime.
 
Por meio de nota, a PM afirmou que o adolescente confessou ter atirado na casa onde as crianças dormiam com a mãe, na comunidade da Biquinha. 
 
O caso envolve uma guerra pelo tráfico de drogas na ilha e chocou a população. 
 
Na nota, a PM disse que a apreensão do menor e a prisão do suspeito, de identidade não revelada, foram efetuadas por policiais militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), na segunda (26). 
 
A ação aconteceu na Rua da Biquinha, no bairro do Pilar. 
 
"O efetivo levantou que a dupla teria ligação com o atentado que matou uma criança e feriu outras duas, na mesma região, na noite da última quinta-feira", disse a PM, na nota.

Ao chegar no local, o adulto foi alcançado e levava com ele um revólver calibre 38 com cinco munições, sendo uma deflagrada. 
 
Ainda segundo a PM, o adolescente  fugiu por um matagal. As equipes fizeram uma "varredura" na área e conseguiram efetuar a apreensão. 
 
Ele estava com uma munição calibre 38 no bolso. Também foi apreendida com a dupla uma máscara. 
 
"Diante dos fatos, a dupla foi encaminhada para o DHPP de Paulista, onde o adolescente confessou o homicídio consumado e as duas tentativas", acrescentou a nota. 

Crime 

O crime que chocou os moradores de Itamaracá aconteceu quando um grupo abriu a porta de uma casa e atirou nas pessoas que estavam dormindo.
 
Jackson Dantas, de 10 anos, foi levado para o hospital e morreu. Os irmãos dele, também crianças, estão internados no Hospital da Restauração (HR), no Recife. 
 
O crime aconteceu dias depois e um bebê de dez meses ser assassinado, também na área da Biquinha. Gael do Carmo foi baleado em um ataque a tiros, no sábado (17).
 
Depois disso, as polícias de Pernambuco prenderam seis suspeitos de envolvimento na guerra do tráfico em Itamaracá.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL