Diario de Pernambuco
Busca

Vanicação

Covid-19: setor de vacinas do Hospital dos Servidores do Estado inicia imunização em crianças

Serviço está aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 14h, no bairro do Espinheiro.

Publicado em: 19/01/2024 18:35 | Atualizado em: 19/01/2024 19:03

Vacina continua sendo a melhor forma de prevenção (Foto: Arquivo/DP)
Vacina continua sendo a melhor forma de prevenção (Foto: Arquivo/DP)

A vacinação contra covid-19 em crianças começou nesta sexta-feira (19) no Hospital dos Servidores do Estado (HSE), vinculado ao Instituto de Atenção à Saúde e Bem-estar dos Servidores do Estado de Pernambuco (Iassepe). A vacina Covid-19 Pediátrica foi incorporada ao Calendário Nacional de Vacinação a partir de janeiro deste ano.

Crianças de seis meses até quatro anos 11 meses e 29 dias com a Pfizer Baby. Na sequência vem a Pfizer Pediátrica, para crianças de cinco a 11 anos 11 meses e 29 dias. O esquema vacinal é composto por três doses (D1, D2 e D3), sendo que entre a D1 e D2 a aplicação deve ocorrer com intervalo de quatro semanas, já entre a D2 e a D3 esse espaço deve ser de oito semanas. 

A  inclusão da vacina Covid-19 Pediátrica no Calendário Nacional de Vacinação de 2024 foi anunciada em outubro do ano passado pelo Ministério da Saúde. A medida tem como base evidências científicas mundiais e dados epidemiológicos de casos e óbitos pela doença no país. 

Os pais ou responsáveis podem levar as crianças para o Setor de Vacinas do HSE entre as 7h30 e as 14h, de segunda-feira a sexta-feira. A unidade está localizada na Rua da Hora, 862, Espinheiro. Esta iniciativa conta com a parceria da Prefeitura do Recife, que é responsável por encaminhar as doses.

Casos de covid-19 subiram no estado após o Réveillon

O boletim epidemiológico da primeira semana de 2024 apontou que Pernambuco registrou um crescimento no número de casos confirmados de covid-19, em comparação com o período que antecedeu o Réveillon.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, os dados são da Semana Epidemiológica SE 01/2024, que compreendeu o período entre 31 de dezembro e 6 de janeiro. Foram confirmados 1.728 casos, e a positividade foi de 28,4%.

O aumento é de 6,6%, na comparação com a semana anterior, quando foram notificados 1.621 notificados.

Entre os principais sintomas da doença estão coriza, tosse, febre ou calafrios, náusea, dor de cabeça e no corpo. Além disso, o paciente pode apresentar diarreia, vômito, conjuntivite, dor no peito e erupção cutânea.

Tags: vacina | criança | hse |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL