Diario de Pernambuco
Busca

VIOLÊNCIA NO TRANSPORTE PÚBLICO

Mais um motorista de ônibus é vítima de agressão no Grande Recife

Caso aconteceu nesta sexta (12) e foi informado pelo Sindicato dos Rodoviários e pela Polícia Civil

Publicado em: 12/01/2024 15:17 | Atualizado em: 12/01/2024 15:58

 (Nando Chiappetta/Arquivo DP)
Nando Chiappetta/Arquivo DP

Mais um caso de violência contra um motorista de ônibus foi registrado no Grande Recife, nesta sexta (12). 
 
Ele aconteceu menos de 48 horas após o rodoviário Paulo José, de 44 anos, ser agredido com socos e golpes de capacete por um motociclista, no Conjunto Habitacional Marcos Freire, em Jaboatão dos Guararapes. 
 
A informação sobre o caso de violência desta sexta foi repassada pelo Sindicato dos Rodoviários do Recife e RMR. 
 
Essa ocorrência foi confirmada pela Polícia Civil. 
 
De acordo com o sindicato, a vítima estava no exercício de suas funções, em Jaboatão dos Guararapes. 
 
Como foi

Segundo o Sindicato, o caso aconteceu na manhã desta sexta (12), em Lagoa Encantada, em Jaboatão. 

De acordo com a entidade, um rodoviários que atua na linha 4134 - - Lagoa Encantada (Cais de Santa Rita), foi ameaçado de morte e agredido verbalmente por um casal de desconhecidos que estavam no coletivo. 

“Os dois indivíduos estavam no ônibus e pediram para que o motorista parasse em local indevido. Como ele não atendeu e só parou no local correto, os dois desceram e atiraram pedra no coletivo e ameaçaram o motorista.  Então, ele foi até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência e já foi liberado”, informou o diretor do sindicato, Jeremias da Silva. 

Por meio de nota enviada ao Diario de Pernambuco, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) confirmou o caso e disse que “por meio da Delegacia da 19ª Circunscrição – Prazeres, a ocorrência de "ameaça". 
 
Segundo relatos, um casal entrou no ônibus onde a vítima, um homem de 52 anos, trabalha como motorista sem pagar a passagem. Em determinado local, o casal teria solicitado parada, mas a vítima só parou na parada seguinte. O autor então xingou, ameaçou a vítima e jogou um tijolo em sua direção. O autor então xingou a vítima, fez ameaças e jogou um tijolo na direção da vítima”. 

A corporação confirmou que um inquérito foi instaurado para investigar o caso e que “as investigações foram iniciadas e continuam em andamento até que os fatos sejam totalmente elucidados”, acrescentou em nota. 

Trauma

A gressão ao rodoviário Paulo José chamou a atenção por causa da violência.
 
Um dia depois de levar os golpes e ser internado. ele conversou com a equipe do Diario e desabafou:
 
"Acho que não consigo mais subir em um ônibus. Sinto medo e me sinto desprotegido em meu próprio ambiente de trabalho”.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL