Diario de Pernambuco
Busca

Saúde

Entra em vigor nova estratégia de vacinação contra Covid-19; saiba o que muda

Segundo Governo do Estado, passa a valer a regra para imunização de crianças, pessoas pertencentes a grupos prioritários, além daquelas que não foram vacinadas ou receberam apenas uma dose

Publicado em: 04/01/2024 08:53

A vacinação contra a Covid-19 tem nova orientação  (Foto: Arquivo)
A vacinação contra a Covid-19 tem nova orientação (Foto: Arquivo)
Entrou em vigor em pernambuco a nova estratégia de vacinação contra a Covid-19.
 
Conforme a orientação do Ministério da Saúde, passa a valer a regra para imunização de crianças, pessoas pertencentes a grupos prioritários, além daquelas  que  não  foram  vacinadas  ou  receberam apenas uma dose. 
 
Segundo o Governo de Pernambuco, a partir de agora, o calendário nacional conta com a vacinação contra a Covid-19 para crianças  de  seis  meses  a 5  anos.

Aquelas  com 5  anos  de  idade  ou  mais,  pertencentes  a grupos  prioritários,  passarão  a  receber  uma  dose  anual  ou  semestral  contra  o  vírus. 
 
A  aplicação será feita mesmo sem levar em conta o número de doses prévias recebidas. 
 
A  estratégia  contempla  também  as  pessoas com mais de cinco anos que estão fora de grupos prioritários e que não foram vacinadas ou receberam uma dose do imunizante. 
 
Diante disso, poderão  iniciar  ou  completar  o  esquema  primário de  proteção,  com  duas  doses,  com  intervalo  de quatro semanas entre elas.
 
Segundo o Ministério da Saúde, as crianças que já receberam três doses de vacinas não precisam de doses adicionais.
 
“Consideramos como algo muito positivo a incorporação da vacinação contra a Covid-19 no  calendário  nacional  de  vacinação,  como estratégia de rotina. A partir de agora, as ges-tões  municipais  já  podem  imunizar  suas  po-pulações. Reforçamos  a  importância  da  bus-ca ativa para vacinação de crianças e daqueles que  não  finalizaram  seus  esquemas  vacinais e tem alguma dose em atraso. Só com a vasta imunização poderemos frear a circulação des-te vírus respiratório, que ainda acomete mui-tas pessoas em todo o país”, informa a superintendente de Imunizações do Estado, Jeane Tavares.  

Programa
 
O Programa Estadual de Imuni-zações (PEI-PE) reforça como será a imunização das pessoas pertencentes aos grupos prioritários. 
 
Para  as pessoas  com  60  anos  ou mais, imunocomprometidas,  gestantes e puérperas, o intervalo entre as doses será de seis meses.
 
O intervalo será anual para as pessoas que pertencem aos seguintes grupos:
 
Pessoas que vivem ou trabalham em instituições de longa permanência 
Indígenas
Ribeirinhos
Quilombolas
Trabalhadores  da  saúde
Pessoas  com deficiência  permanente   ou   comorbidades
Pessoas  privadas  de  liberdade  com  18  anos ou mais
Funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas
População em situação de rua

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL