Diario de Pernambuco
Busca

FATALIDADE

Criança de 1 ano e 11 meses cai em cisterna e morre afogada

Tragédia familiar aconteceu em Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte pernambucana

Publicado em: 23/01/2024 09:53 | Atualizado em: 23/01/2024 15:13

Helosísa Vitória tinha 1 ano e 11 meses (Foto: Redes Sociais)
Helosísa Vitória tinha 1 ano e 11 meses (Foto: Redes Sociais)
Uma criança de apenas 1 ano e 11 meses moreu afogada ao cair em uma cisterna na última segunda (22).
 
O caso aconteceu em Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte do estado.  
 
O fato foi confirmado pela equipe da delegacia nesta terça (23), a partir do registro feito pela unidade de saúde da cidade.
 
Segundo informações, o afogamento de Heloísa Vitória da Silva aconteceu no bairro de Santo Antônio.
 
A menina estava brincando com outras crianças e entrou na casa da família.
 
Os pais começaram a procurar e acharam a garota dentro do reservatório de água, que estava cheio. 

A criança ainda foi levada para uma unidade hospitalar, mas já chego em estado crítico.
 
Segundo a direção do hospital, a equipe médica ainda terntou reanimar a criança, sem sucesso.

O corpo de Heloísa Vitória foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal  (IML), em Santo Amaro, na área central do Recife.
 
Por meio de nota, a Polícia Civil disse que o caso foi registrado pela  Central de Plantões da Capital como "ocorrência de afogamento".

"As investigações foram iniciadas e estão em curso para o esclarecimento do ocorrido", acrescentou. 

Outro caso

Em novembro do ano passado, uma criança de 2 anos de idade morreu ao cair em uma cisterna de um hotelzinho, em Bezerros, no Agreste pernambucano. 

Em nota, a polícia disse que o boletim de ocorrência aponta que o caso é tratado como "morte a esclarecer". 
 
"A criança de 2 anos foi levada a uma unidade hospitalar local após ter se afogado em um hotelzinho no bairro do Cruzeiro, em Bezerros", disse.
 
A nota informa, ainda, que o menino não resistiu. A polícia não divulgou o nome da vítima, mas segundo informações extraoficiais, a criança se chama Maycon Henrique. 
 
"As investigações seguem até o esclarecimento do caso", acrescentou a nota.  A investigação está sendo feita pela Delegacia de Bezerros. 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL