Diario de Pernambuco
Busca

Folia 2024

Assédio e importunação sexual dentro de ônibus são temas de capacitação para motoristas

Ação acontece na quarta (30), no Recife. Esse tipo de prática é crime e pode provocar prisão

Publicado em: 29/01/2024 12:08

Provlemas em ônibus no Carnaval serão tema de ação do Governo do Estado  (Foto: Arquivo)
Provlemas em ônibus no Carnaval serão tema de ação do Governo do Estado (Foto: Arquivo)
Forçar contato físico no ônibus, em ato de  importunação sexual,  é  um crime previsto em lei.
 
Isso pode provocar prisão com pena de 1 a 5 anos. 
 
Com a aproximação dos festejos carnavalescos, a Secretaria da Mulher, em parceria com o Grande Recife Consórcio de Transporte, vai realizar uma ação para evitar esse tipo de delito. 

Na quarta (30), das 11h às 12h, haverá um treinamento de motoristas no auditório da sala de monitoramento, no Recife.
 
Funcionários do Consórcio e das operadoras de transporte  serão capacitados sobre com agir em caso de ocorrências de importunação e assédio sexual dentro do coletivos.  

Também está prevista formação sociopolítica para os colaboradores do Consórcio feita pela SecMulher.
 
A capacitação inclui as principais queixas das mulheres que participam das festas de Momo, como importunação e assédio sexual, como identificá-las, evitá-las e denunciá-las. 
 
A pasta ainda disponibilizará material de enfrentamento à violência contra a mulher para que a empresa possa distribuir em sua frota de 2.200 ônibus dentro da Região Metropolitana do Recife.
 
Também receberá cartazes da campanha da SecMulher para o Carnaval de Pernambuco que serão entregues em todos os Terminais Integrados do Estado.

"A ideia de debater importunação e assédio sexual de todo tipo de ação, gesto ou palavra que atinja a autoestima, a segurança, a dignidade e moral de um indivíduo em seu ambiente de trabalho ou nos ônibus , causando-lhe constrangimento ou vergonha, disse o Grande Recife. 

Já o tema nos transportes públicos será fruto de um grande debate, que visa conscientizar as vítimas da importância do registro de ocorrência diante do assédio. O assédio no transporte coletivo é a situação de violência mais vivenciada pelas mulheres no dia a dia.

Outras ações
 
Ao longo do ano, a Coordenadoria de Comunicação e Imprensa do CTM dará continuidade as ações no enfrentamento a prática criminosa de surf e amorcegamento no ônibus, quando são distribuídos panfletos à população, além de minipalestras proferidas pelos educadores e fiscais com objetivo de alertar sobre os riscos de se pendurar do lado de fora ou no teto do ônibus; gentileza nos ônibus, e respeito aos idosos dentro dos coletivos. 
 
A campanha é uma forma de chegar junto aos passageiros e motoristas, conversando e orientando para que eles procurem o consórcio e denunciem essa prática. Estão sendo mapeados quais os corredores, vias e linhas onde vem acontecendo esse ato. São ações que colocam em risco os motoristas, passageiros e transeuntes, e a própria vida da pessoa que está em cima ou pendurada nos ônibus.  

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL