Diario de Pernambuco
Busca

PARAMOTOR

Acidente com paramotor que matou mulher pode ter sido causado por linha de cerol, diz instrutor

Equipamento caiu na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife e instrutor sobreviveu

Publicado em: 05/01/2024 13:54

Instrutores desconfiam que o equipamento pode ter sido atingido por linha de pipa com cerol (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Instrutores desconfiam que o equipamento pode ter sido atingido por linha de pipa com cerol (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Após o acidente que matou uma mulher de 50 anos e deixou o piloto do paramotor ferido na tarde de quinta (4), em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, surgem as primeiras suspeitas sobre o que pode ter causado a queda do equipamento.

Nesta sexta (5), o Diario de Pernambuco entrevistou o também instrutor e piloto Cláudio Castro, 42 anos, que tem mais de mil horas de voo.

Ao analisar o fato e tentar entender o que ocasionou o acidente, Castro disse que uma das suspeitas é de que uma linha de pipa com cerol tenha cortado a corda que sustenta a asa, provocando a queda do equipamento.

“Acredito que ele pode ter sido atingido por uma linha de cerol e perdido o controle do paramotor. Lima já tinha feito uns cinco ou seis voos na tarde de ontem e neste último voo aconteceu o acidente. Se tivesse sido uma pane mecânica ele teria conseguido controlar o equipamento e pousado em segurança”, disse Cláudio.

Ainda de acordo com o piloto, outros casos de incidentes com cerol já foram relatados por pilotos não só aqui em Pernambuco mas também no Brasil.

Informações também dão conta de que o motor do aparelho envolvido no acidente estava totalmente revisado e que o piloto, identificado como Gleison Lima, era muito experiente.

O que disse a polícia

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco, informou que registrou a ocorrência "de morte a esclarecer", no bairro de Piedade. 
 
"Uma mulher estava sobrevoando a praia de Piedade em um parapente, acompanhada de um instrutor, quando caíram em via pública". 
 
Segundo a polícia, o corpo dela foi encaminhado para o IML da capital e um inquérito policial foi instaurado.

Na entrevista, Castro afirmou que o instrutor Lima estava em estado de choque com o acidente e que a família poderia divulgar uma nota.

Vítimas

A mulher que morreu no acidente foi identificada como Edjane Maria da Silva. Ela era analista de educação.

O óbito foi confirmado pelo Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do recife.

Os dois deram entrada na emergência na quinta e o piloto teve alta logo depois. 

"O Hospital da Restauração (HR) informa que os dois pacientes, vítimas da queda de um parapente, deram entrada na Emergência-Geral, por volta das 18h de quinta-feira (4). A mulher, de 50 anos, foi a óbito logo após chegar à unidade. O homem, de 48 anos, passou por exames e avaliação e recebeu alta ainda na noite de ontem (4)", informou o HR.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL