Diario de Pernambuco
Busca

Violência

Preso suspeito de agredir mulher em restaurante tem histórico de porte ilegal de armas e violência doméstica

Antônio Fellipe Rodrigues Salmento de Sá foi preso após prestar depoimento, nessa quinta-feira (28)

Publicado em: 29/12/2023 17:05 | Atualizado em: 29/12/2023 18:06

Antônio Fellipe irá responder pelos crimes de lesão corporal leve, com agravante pela violência contra mulher, além de ter praticado transfobia (Foto: Reprodução/Twitter)
Antônio Fellipe irá responder pelos crimes de lesão corporal leve, com agravante pela violência contra mulher, além de ter praticado transfobia (Foto: Reprodução/Twitter)

A Polícia Civil divulgou, nesta sexta-feira (29), detalhes da prisão do homem suspeito de agredir uma mulher em um restaurante no Recife por acreditar que ela era transexual. Segundo a corporação, Fellipe Rodrigues Salmento de Sá, de 35 anos, já chegou a ser detido por porte ilegal de armas e responde a um processo por violência doméstica. 

O homem foi preso de forma preventiva após prestar depoimento na Delegacia de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. Ele irá responder pelos crimes de lesão corporal leve, com agravante pela violência contra mulher, e transfobia. 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Diogo Bem, o suspeito alegou no depoimento que "foi tomar satisfação com ela porque ela estava no banheiro feminino e xingou a esposa dele". Além disso, segundo a polícia, Antônio Fellipe Rodrigues Salmento de Sá negou que teria dado um soco na vítima e que apenas deu um "empurrão". 

"A gente entendeu que foi uma conduta realmente transfóbica. Ele (o suspeito) acreditava que ela era uma trans e que estava no banheiro errado", explicou o delegado.

O delegado ainda disse que algumas testemunhas alegaram que o agressor estava armado no restaurante, mas que ele negou. Outras testemunhas serão ouvidas e o inquérito deve ser finalizado na próxima sexta-feira (5).
 
Antônio Fellipe passou por uma audiência de custódia na tarde desta sexta-feira (29), onde foi determinado que ele terá a prisão mantida. Agora o suspeito segue para o Centro de Observação e Triagem (Cotel), localizado em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com a polícia, Antônio Fellipe Rodrigues Salmento de Sá possui um histórico de processos, alguns em andamento e outros arquivados. Foram encontrados processos por violência doméstica, receptação, porte ilegal de arma e exercício arbitrário das próprias razões. Os casos foram registrados nas cidades de Arcoverde, Vitória de Santo Antão e Recife.

Relembre o caso

A mulher foi agredida com um murro no rosto na frente de um banheiro do restaurante Guaiamum Gigante, em Parnamirim, na Zona Norte do Recife, no dia 23 de dezembro.

“Apesar de eu ser uma mulher cis. Na cabeça dele, eu não era. Na cabeça dele, eu era a pessoa trans, aquela mulher trans que merece apanhar, que merece morrer, que merece ser agredida num espaço público onde está confraternizando com os amigos”, disse a mulher à TV Globo.

Por meio das redes sociais, o Guaiamum Gigante tratou o caso como “lastimável”. O estabelecimento afirmou que “não procede a alegação de que teria havido proteção a um suposto agressor por parte da segurança”.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL