Diario de Pernambuco
Busca

Administração pública

Recife anuncia nomeação de 79 aprovados em concurso para área de assistência social

Eles vão atuar no acolhimento em casas de apoio para mulheres, crianças, adolescentes e idosos

Publicado em: 06/12/2023 10:38

João Campos entregou mais uma obra no Recife  (Foto: Prefeitura do Recife )
João Campos entregou mais uma obra no Recife (Foto: Prefeitura do Recife )
A Prefeitura do Recife (PCR) anunciou a nomeação de 79 profissionais aprovados em concurso público. 
 
Eles vão atuar no  acolhimento em casas de apoio para mulheres, crianças, adolescentes e idosos.
 
Além disso, a gestão municipal entregou um dos 12 novos equipamentos de acolhimento que estão em fase de construção.
 
A meta é  entregar todas as novas casas acolhimento até o fim de 2024, com um investimento de R$ 3,6 milhões. 
 
O anúncio ocorreu durante ato de entrega da requalificação da Casa de Acolhida Aconchego, no bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife, que abriga atualmente 20 crianças e adolescentes.
 
Segundo a gestão municipal, o  objetivo é de aprimorar os serviços oferecidos a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade na cidade, que prevê beneficiar 400 pessoas deste público. 

A reforma foi orçada em R$ 500 mil, sendo a primeira entrega dentro de um total de 12 casas de acolhimento institucional para a população em vulnerabilidade.

Ainda segundo a PCR, as nomeações terão como foco qualificar, prioritariamente, as ações voltadas para primeira infância, além da implantação de novos serviços, como o Centro Dia para pessoas com deficiência e fortalecer os serviços voltados à população em situação de rua.
 
Esses profissionais também passarão a integrar diversos centros de assistência social como a Casa Aconchego.

O concurso realizado pela Fundação Carlos Chagas previa a nomeação de 301 classificados - com essa nomeação, já são mais 117 classificados nomeados para compor o corpo técnico da assistência social e direitos humanos na cidade do Recife.

“A gente está requalificando todas as nossas unidades de acolhida e essa é a primeira entrega. É muito importante ter esse cuidado com a infraestrutura social da cidade, com os equipamentos da assistência social, programas, servidores e profissionais. Aqui nós temos 20 crianças e adolescentes que estão abrigados. E trabalhamos diariamente para garantir todos os direitos no melhor conforto possível, desde a infraestrutura adequada até a matrícula nas escolas. O acompanhamento de toda a equipe da assistência faz toda a diferença nesse cuidado dos direitos, que é papel do poder público”, destacou o prefeito João Campos. 


Nova casa de acolhimento 

A Casa de Acolhida Aconchego é gerenciada pela Prefeitura do Recife desde 2017. No local, são oferecidos serviços de acolhimento institucional para crianças e adolescentes temporariamente afastados de sua família e comunidade, com o objetivo de proteger a integridade física e mental, além de assegurar os direitos estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
 
Nessas casas, são assegurados direitos como a oferta de moradia, alimentação, vestimenta, educação, saúde, lazer, além do acompanhamento junto às famílias.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL