Diario de Pernambuco
Busca

MORAR BEM PE

Raquel Lyra entrega chave de 40 novas residências a famílias de Caruaru

Governo do Estado está investindo recursos na expansão de habitação de interesse social em todo o território pernambucano

Publicado em: 17/12/2023 19:00 | Atualizado em: 17/12/2023 19:51

 (Janaína Pepeu/Secom)
Janaína Pepeu/Secom
A governadora Raquel Lyra anunciou, nesse sábado (16), que o programa Morar Bem PE contemplou várias famílias de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, que puderam realizar o sonho da casa própria com a ajuda do Governo do Estado.
 
A governadora se encontrou com algumas dessas famílias para fazer a entrega simbólica das chaves dos imóveis, localizados no residencial Xique-Xique 3, no bairro de Jardim Boa Vista. No anúncio, feito ao lado da vice-governadora Priscila Krause, Raquel também entregou 422 títulos de propriedade para famílias da Vila Popular Caruaru, anunciando ainda a construção de uma escola com investimento de R$ 20 milhões.

“Não vamos descansar até chegar na vida das pessoas que mais precisam de ajuda. E sabemos que uma família que ganha até dois salários mínimos tem dificuldade de dar entrada no seu imóvel. Então, fomos buscar recursos para essa garantia. Além disso, entregamos dignidade a mais de 400 famílias da Vila Popular de Caruaru para que elas possam dispor do seu patrimônio, que agora ninguém pode tirar”, ressaltou a governadora Raquel Lyra.

“Tivemos um momento muito especial de entrega de casas através da modalidade Entrada Garantida, um programa que veio para ser permanente. E entregamos os títulos de propriedade a famílias que esperavam por muitos anos”, afirmou Simone Nunes, secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh).

Para a compra do primeiro imóvel, as famílias do residencial receberam um subsídio de até R$ 20 mil por meio do Entrada Garantida e as casas tem 42,58m², com sala, dois quartos, banheiros, cozinha e área de serviço. O programa é voltado para famílias com renda até dois salários mínimos, sem possibilidade de poupança para financiamento. A Secretaria Nacional de Habitação (SNH) estima que o pernambucano com essa renda precisa de R$ 20 mil para completar a entrada num financiamento do Minha Casa Minha Vida, valor que já considera o sibsídio do Governo Federal que financia até 80% do imóvel.

Foi realizada ainda a plantação de muda de árvores no Xique-Xique 3, ação coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente, Sustentabilidade e de Fernando de Noronha, integra o Plano Pernambucano de Mudança Econômico-Ecológica (PerMeie), lançado durante a participação de Pernambuco na Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 28).

Estiveram presentes os secretários estaduais  Diogo Bezerra (Mobilidade e Infraestrutura), Ana Luiza Ferreira (Meio Ambiente, Sustentabilidade e Fernando de Noronha), Almir Cirilo (Recursos Hídricos e Saneamento), Coronel Hercílio Mamede (Casa Militar) e Carlos Braga (Secretário de Assistência Social);  os deputados estaduais Joãozinho Tenório e Débora Almeida; os prefeitos Gustavo Adolfo (Bonito), Rodrigo Pinheiro (Caruaru) e a prefeita Luciele Laurentino (Bezerros); André Teixeira Filho, diretor-presidente da Adepe; Francisco Amaral, diretor-presidente da Perpart e Daisy Maria de Andrade Costa Pereira, desembargadora do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL