Diario de Pernambuco
Busca

Seca

Estados do Nordeste se unem para buscar soluções de convivência com a estiagem

Representantes de estados do Nordeste se reuniram na sede da Compesa para debater soluções

Publicado em: 04/12/2023 16:30 | Atualizado em: 04/12/2023 16:47

Entre os estados que participaram do encontro estão Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Piauí, Bahia, Paraíba e Ceará (Foto: Rafel Vieira/DP)
Entre os estados que participaram do encontro estão Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Piauí, Bahia, Paraíba e Ceará (Foto: Rafel Vieira/DP)

Diante da situação de emergência de 106 municípios de Pernambuco e de outros estados do Nordeste por conta da seca, representantes da Secretaria de Recursos Hídricos da região realizaram um encontro para debater propostas para reverter este cenário. Os participantes se reuniram no Auditório Jucazinho, na sede da Compesa, no bairro de Santo Amaro, no Recife. 

Entre os estados que participaram do encontro estão Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Piauí, Bahia, Paraíba e Ceará.

De acordo com o presidente da Secretaria de Recursos Hídricos, Almir Cirilo, este número tende a aumentar. “O quadro de escassez hídrica que é demonstrado pelo monitor de seca, ele vai se tornando mais vermelho, o que significa níveis mais acentuados de seca, então efetivamente isso vai aumentar ao longo dos próximos meses”, explicou.

O presidente destacou que o Governo do Estado está concluindo obras hídricas para reverter este cenário. Ele destaca que Pernambuco possui as três maiores adutoras do Nordeste, são elas a São Francisco, do Agreste e Alto Capibaribe. 

A área mais afetada em Pernambuco é o Agreste, que será atendido pelas adutoras, segundo Almir Cirilo. No entanto, a maior preocupação está no Sertão do estado, que não recebe a mesma quantidade de água. Uma das soluções em debate é a perfuração de poços de até 800 metros para amenizar os danos da seca.

“Nós ainda temos uma situação desfavorável em muitos lugares. Grandes obras estão nascendo, mas agora vamos viver com a nova contingência e essa contingência que nos traz uma preocupação a mais, que é como passar por ela da forma menos crítica possível”, destacou Almir Cirilo.

Apesar do cenário delicado em que os estados do Nordeste passam, os governos têm alinhado alternativas e debates para tentar solucionar o problema o mais rápido possível. “Nosso objetivo é trabalhar em conjunto para a mitigação dos fenômenos da seca e medidas que possam ajudar o povo nordestino a conviver com a questão climática. O fruto dessa reunião vai ser trabalhar um plano conjunto dos estados e está propondo ao governo federal medidas concretas em relação à seca”, explicou o subsecretário do consórcio Nordeste, Diego Pessoa.

No entanto, não foi divulgado quais medidas serão solicitadas ao Governo Federal após o encontro desta segunda-feira.
Tags: compesa | seca | nordeste |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL