Diario de Pernambuco
Busca

Paulista

Motorista de aplicativo é morto em plena luz do dia

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra os primeiros momentos após o crime

Publicado em: 06/12/2023 19:40 | Atualizado em: 06/12/2023 20:54

Vídeos foram feitos por populares que passavam no local do crime (Foto: Reprodução/Instagram)
Vídeos foram feitos por populares que passavam no local do crime (Foto: Reprodução/Instagram)

Um motorista de aplicativo identificado como Aldenis José, de 39 anos, foi morto por disparos de arma de fogo na manhã desta quarta-feira (6), na PE-22, no bairro de Maranguape II, em Paulista. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que várias pessoas que passavam pelo local se aglomeram em volta do carro para entender o que havia acontecido.

A gravação mostra que o motorista estava com os vidros do carro fechados quando foi atingido pelos disparos. O veículo, um Onix vermelho, não foi levado pelo criminoso. É possível ver por meio da filmagem que apenas o vidro do carro ficou danificado.

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que registrou por meio da Força Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Norte, a ocorrência de homicídio consumado. “Após a realização das perícias, o corpo foi encaminhado para o IML e um inquérito policial foi instaurado. Maiores informações poderão ser repassadas em momento oportuno”, completa a nota.

Nove pessoas são mortas por dia em Pernambuco

Pelo menos nove pessoas são mortas diariamente em Pernambuco, de acordo com dados da Secretaria de Defesa Social (SDS). Nos nove primeiros meses deste ano, aconteceram 2.625 homicídios. No mesmo período do ano passado, foram 2.540. O estado fechou o ano de 2022 com o total de 3.418 assassinatos.

Os dados coletados ainda mostram que, em 68% dos crimes registrados em 2023, as vítimas tinham envolvimento com alguma atividade criminal. 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL