Diario de Pernambuco
Busca

Homenagem

Missa de sétimo dia homenageia Antônio Carlos Figueira

Familiares e amigos do médico e ex-secretário de Saúde de Pernambuco se reuniram na capela do Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (Imip)

Publicado em: 29/12/2023 15:04

Antônio Carlos Figueira lutava contra um câncer desde 2021 e morreu no último sábado (23), aos 63 anos.
 (Foto: Marcelle Reis DP)
Antônio Carlos Figueira lutava contra um câncer desde 2021 e morreu no último sábado (23), aos 63 anos. (Foto: Marcelle Reis DP)
 
A missa do sétimo dia do falecimento de Antônio Carlos Figueira aconteceu na manhã desta sexta-feira (29). Familiares e amigos se reuniram na capela do Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (Imip), nos Coelhos, área central do Recife, em homenagem ao médico e ex-secretário de Saúde de Pernambuco.

Antônio Carlos Figueira lutava contra um câncer desde 2021 e morreu no último sábado (23), aos 63 anos.

Na cerimônia, a presidente do Imip, Silvia Rissin, enfatizou a importância de Antônio Carlos para a instituição de saúde.

''O falecimento de Antônio Carlos gerou comoção não só das pessoas que fazem o Imip, mas dos muitos amigos que ele fez aqui nesta sua passagem e de todos os familiares. Ele era uma pessoa muito querida, um líder de verdade, e que teve a missão de continuar a obra que seu pai construiu, aumentando e transformando o Imip no maior hospital 100% SUS do Brasil. A responsabilidade de continuar seu legado é enorme também, e isso nos motiva, afirmou.

O prefeito do Recife, João Campos, que também esteve presente, falou com alegria sobre a amizade com Figueira.

''Antonio Carlos Figueira foi uma grande figura humana, talvez um dos maiores especialistas da saúde pública brasileira, com obras concretas, um grande gestor público, uma figura que tinha uma vocação de cuidado social muito grande, e eu tive a oportunidade de ser amigo dele. É uma grande referência que eu tenho na vida, e que a gente vai homenagear com o nosso Hospital da Criança do Recife, que receberá o nome dele. No início do ano, a gente começa a obra. Tenho certeza que é um passo importante para defender seu legado'', disse.

Trajetória

Integrante da família que construiu o Instituto Materno Infantil (Imip), no Recife, que leva o nome do pai dele, Fernando Figueira, Antônio Carlos participou ativamente da política nos últimos anos. 
 
Ele esteve  na Saúde  no segundo mandato de Eduardo Campos (PSB) e foi secretário da Casa Civil e chefe da Assessoria Especial do Governo nas gestões de Paulo Câmara.
 
Também atuou como  secretário-adjunto da Secretaria de Saúde do Estado (SES) de dezembro de 1996 a dezembro de 1998.
 
Em 2020, pediu exoneração para assumir o cargo de diretor presidente da Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS).

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL