Diario de Pernambuco
Busca

Judiciário

Homem que praticava maus-tratos contra gatos é condenado a seis anos de reclusão

TJPE informou que Pedro Fernandes Leal poderá cumprir pena em regime semiaberto por causa das agressões contra gatos, na Avenida Beira-Rio, no Recife

Publicado em: 13/12/2023 08:12 | Atualizado em: 13/12/2023 14:31

Gatinhos que ficavam na Beira Rio, no Recife, sofreram maus-tratos (Foto: Arquivo/DP)
Gatinhos que ficavam na Beira Rio, no Recife, sofreram maus-tratos (Foto: Arquivo/DP)
Um homem que praticava maus-tratos contra gatos, na Avenida Beira-Rio, na Zona Oeste do Recife, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).  

Os crimes foram praticados em fevereiro de 2021, quando o rapaz, de classe média, saiu de casa, na Zona Sul, para agredir os bichos. 
 
Na época, câmeras de vigilância flagraram Pedro Fernandes Leal, de 25 anos, maltratando animais em via pública. 

Por meio de nota enviada ao Diario de Pernambuco, nesta quarta (13), o TJPE informou que Pedro pegou uma pena de seis anos de reclusão em regime inicial semiaberto.

Ainda segundo o tribunal, o processo de NPU 0058792-75.2021.8.17.2001 tramita na 1ª Vara Criminal da Capital. 

A ação penal teve a  sua sentença registada na quarta-feira (6).
 
Na sentença, a 1ª Vara Criminal da Capital julgou procedente a pretensão punitiva estatal formulada na denúncia do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O réu foi condenado  por maus-tratos contra cães e gatos. 
 
O crime está previsto no Artigo 32, § 1º-A da Lei nº 9.605/98, c/c art. 71, do Código Penal Brasileiro.

 Ainda cabe recurso da decisão. Por isso, Pedro Fernandes Leal pode recorrer em liberdade.

Imagens

As imagens registaram o momento em que o homem parou  o carro na Avenida Beira-Rio, no bairro da Torre.

Ele caminhou atrás dos gatos que ficavam no local. Depois, chutou um dos gatos, deixando o animal caído no chão. Outro animal também foi agredido com um pontapé.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL