Diario de Pernambuco
Busca

HABITACIONAL

Emoção às vésperas do Natal: famílias realizam sonho e recebem chaves de apartamentos em habitacionais no Pina

Prefeito João Campos inaugurou, nesta quinta (21), conjuntos Encanta Moça 1 e 2 e disse que município vai pagar até a mudança dos moradores

Publicado em: 21/12/2023 16:31

Daniela e seus cinco filhos recebe das mãos do Prefeito João Campos as chaves da nova moradia, no Habitacional Encanta Moça   (Rafael Vieira/DP)
Daniela e seus cinco filhos recebe das mãos do Prefeito João Campos as chaves da nova moradia, no Habitacional Encanta Moça (Rafael Vieira/DP)

O Natal e o Ano Novo de 600 famílias recifenses, este ano, será muito especial. O sonho da casa própria destas famílias virou realidade com a entrega dos novos habitacionais Encanta Moça 1 e 2, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. 

A inauguração das novas moradias foi marcada por emoção e um clima de muita confraternização entre os contemplados.
Eles marcaram presença na solenidade de inauguração dos habitacionais, nesta quinta (21).
 
A cerimônia  contou com a presença do prefeito do Recife, João Campos (PSB), e diversas autoridades. 
Nesta quinta, 15 famílias já tiveram a oportunidade de entrar em suas novas moradias, realizando um sonho de uma vida inteira em busca de um lar para “chamar de seu”.
 
De acordo com a gestão municipal, a partir de agora, diariamente, ao menos 20 famílias farão a mudança para os novos habitacionais, de forma gradativa. 

Todas as famílias são cadastradas no programa federal Minha Casa, Minha Vida, e estavam incluídas no banco de cadastro da prefeitura, com renda mensal de até R$ 2,6 mil. 
 
O empreendimento recebeu um investimento total de R$ 54,3 milhões, oriundos da Caixa Econômica Federal (CEF), além de contrapartida da prefeitura.
 
Houve, ainda, investimentos na área de saneamento por parte do Governo do Estado, na ordem de R$ 4,5 milhões.
 
A promessa da prefeitura é que os custos serão zero, incluindo a mudança, com a rede de internet e condomínio. 
 
Além disso, o prefeito João Campos destacou que as famílias não gastaram sequer “R$ 1l” para realizar o sonho da casa própria, pois todas as contrapartidas serão custeadas pela gestão municipal. 
 
“Esse é um dos mais importantes dias da minha gestão pública no Recife. O sonho virou realidade para muita gente”, destacou Campos. 

Emoção de sobra

A doméstica Josiane Dantas, de 31 anos, foi uma das contempladas com a nova moradia no Habitacional Encanta Moça.

Segundo ela, a espera pela casa própria durou árduos 25 anos. Atualmente, a mulher mora com o esposo e dois filhos em uma palafita, nas proximidades do Shopping RioMar, também no bairro do Pina, e agora se prepara para se mudar para o apartamento B3. 

Visivelmente emocionada, ela disse que 2023 se encerra com a melhor notícia de sua vida. 
 
“É a notícia que eu mais queria receber na vida. Meu sonho de ter a minha casa própria agora é realidade. Foram mais de 25 anos de luta, desde novinha, quando via a batalha dos meus pais.  Agora, morando em palafita com a minha família, terei a oportunidade de ir para um lar que é meu. Só tenho que agradecer e comemorar”, destacou a doméstica. 
A doméstica Josiane Dantas destacou o sonho realizado de ter a casa própria depois de 25 anos de espera  (Rafael Vieira/DP)
A doméstica Josiane Dantas destacou o sonho realizado de ter a casa própria depois de 25 anos de espera (Rafael Vieira/DP)

A dona de casa, Rayra Melo, de 31 anos, terá o natal cheio de motivos para agradecer pelo sonho da casa própria realizado. Ela e a filha, Luísa, de 4 anos, foram uma das famílias contempladas.

Ela conta como foi árdua a espera de mais de 20 anos para ter um lar para “chamar de seu”. 

“Foram muitos anos de perrengue, morando de aluguel, em casas de parentes, em palafitas, em imóveis acabados. Só eu e minha filha sabemos o que sofremos nos últimos anos. Batalhei muito para que esse dia chegasse e, finalmente, chegou e com muita benção. Tenho certeza de que todo mundo aqui tem um sonho a ser realizado, e esta data será marcada para sempre em nossos corações”, ressaltou a nova moradora do Habitacional Encanta Moça. 
A dona de casa, Rayra Melo, celebra a realização de um sonho de ter um lar pra "chamar de seu"  (Rafael Vieira/DP)
A dona de casa, Rayra Melo, celebra a realização de um sonho de ter um lar pra "chamar de seu" (Rafael Vieira/DP)

A dona de casa Daniela Cristiane de Sousa, de 30 anos, e os cinco filhos integram a primeira família a se mudar para as novas unidades habitacionais. Eles receberam a simbólica chave das mãos do prefeito João Campos, marcando a inauguração do novo conjunto habitacional. 

“É só felicidade. Agradeço a Deus por este sonho realizado. Fiquei surpresa em saber que seria a primeira a se mudar para o Encanta Moça. Pra mim e pra minhas crianças é uma bênção. Foram anos de luta para chegar até aqui”, ressaltou Daniela, que visivelmente emocionada recebia as chaves do novo lar. 

Moradia 

No Habitacional Encanta Moça 1 e 2, cada lado tem cerca de 300 unidades divididas em sete blocos, sendo um de 60 e outro de 20 apartamentos. 

O residencial é composto por dois tipos de apartamentos com área privativa total de 44,24 m² e 44,57 metros quadrados, distribuídos em sala, cozinha, dois quartos e banheiro. Cada unidade habitacional recebeu cerca de R mil de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), ligado à Caixa. 

Os habitacionais são equipados com infraestrutura completa – pavimentação, drenagem, iluminação, rede de energia, água e esgoto – e dispõe de unidades que podem ser adaptadas para pessoas com deficiência (PcD). Além disso, os moradores poderão usufruir de equipamentos de lazer, com quadra poliesportiva, centro comunitário e parque infantil. 

Autoridades

Prefeito João Campos

“Hoje é um dia muito especial pra nossa cidade. Estamos realizando um sonho de diversas famílias. Talvez, seja uma das entregas que o Recife já viu. Esse dia não seria possível se não tivéssemos uma grande política nacional de habitação de volta ao nosso País. Aqui está o exemplo de como é importante ter um pacto federativo que funcione, de políticas públicas que funcione. São medidas que são transformativas”. 
O Prefeito João Campos, durante solenidade, destacou os investimentos na área de moradia na cidade  (Rafael Vieira/DP)
O Prefeito João Campos, durante solenidade, destacou os investimentos na área de moradia na cidade (Rafael Vieira/DP)

Ministro das Cidades Jader Filho 

“Retornamos às obras do Minha Casa Minha Vida que estão paralisadas nos últimos quatro anos. Aqui, tivemos todo o apoio da prefeitura e do Governo do Estado, que contribu´ram para que as obras fossem finalizadas. Mas, além disso, o presidente Lula dá atenção às famílias que moram em palafitas. Só nesta área aqui são 374 famílias que saíram das palafitas e irão morar no Encanta Moça. É um momento muito especial, ainda mais próximo do natal, realizando o sonho dessas famílias. Só este ano fechamos a entrega de 21 mil novos habitacionais e foram 35 mil obras que estavam paralisadas”. 

Novos habitacionais 

Até fevereiro de 2024, a Prefeitura do Recife vai entregar mais 800 unidades habitacionais

A informação foi repassada, nesta quinta (21), pelo prefeito João Campos (PSB), durante a inauguração dos conjuntos habitacionais.  
Em entrevista concedida no novo habitacionais, Campos disse que esses novos apartamentos estão sendo construídos pelo Governo federal, por meio do Minha Casa Minha Vida.
 
O gestor não deu detalhes sobre as entregas até fevereiro. Mas, segundo a assessoria da prefeitura, as primeiras unidades que serão inauguradas ficam no Centro.

Serão 200 unidades de habitação popular no Conjunto Sérgio Loreto, no bairro de São José. A entrega delas está prevista para a próxima semana. 
 
O cronograma das outras entregas ainda será definido, conforme a administração municipal.  
 
Ele salientou que, além das casas, as pessoas terão espaço digno para viver. Haverá um Compaz, creche e um parque público e posto de saúde na área.
 
"São histórias de emoção e necessidade. Essas pessoas terão dignidade para viver", afirmou.
 
O prefeito falou, ainda, sobre o cronograma de entregas no Pina.
 
O posto de saúde ficará disponível em 30 dias. O Compaz será entregue em março e a creche, até julho de 2024. 

Perfil
 
As famílias que receberam as chaves dos imóveis foram previamente cadastradas e moravam em palafitas no Pina.
 
Também foram contempladas pessoas que ocupavam áreas não edificáveis na região beneficiada pelo projeto de urbanização e famílias que foram afetadas pela construção da Via Mangue.

O perfil dos beneficiários foi analisado pela Caixa Econômica Federal, que precisava entender se elas se encaixam nos critérios do programa Minha Casa Minha Vida.

Nenhuma delas precisará pagar pelo direito de ocupar os apartamentos. Além disso, elas já receberam os títulos de propriedade na última terça-feira (19).

A desapropriação do terreno foi feita pelo Governo do Estado no ano de 2013, na gestão de Eduardo Campos. 

Em seguida, o espaço foi entregue ao Recife, que repassou para o Governo Federal.

Os habitacionais ficam às margens da Via Mangue. Cada um tem 300 unidades divididas em sete blocos de 40 e um de 20. 

Os 600 apartamentos têm área de 44,5 metros quadrados, com sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço.
 
Os moradores contarão também com parque infantil e área de lazer.

Além da localização estratégica, os habitacionais estão próximos a outros importantes projetos municipais em construção.

Cerimônia

Além do Campos, o evento contou com a prese da vice-prefeita Isabella de Roldão (PDT), do ministro das Cidades, Jader Filho (MDB), da ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação Luciana Santos (PCdoB), da senadora Teresa Leitão (PT), do senador Humberto Costa (PT), do deputado federal Carlos Veras (PT), da deputada federal Iza Arruda (MDB), do deputado federal Eriberto Medeiros (PSB), da secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Estado, Simone Nunes, do vice-presidente de Finanças e Controladoria da Caixa, Marcos Brasiliano, além de vereadores do município.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL