Diario de Pernambuco
Busca

Queda de brinquedo

Vítima de acidente no Mirabilandia passa por nova cirurgia no cérebro e ainda está inconsciente

Dávine Muniz segue internada na UTI do Hospital São Marcos sem previsão de alta

Publicado em: 10/11/2023 10:10 | Atualizado em: 10/11/2023 15:27

Dávine passou por nova cirurgia (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Dávine passou por nova cirurgia (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
A professora Dávine Muniz, de 34 anos, que caiu do brinquedo Wave Swinger, no Mirabilandia, em Olinda,  em setembro deste ano, passou por uma nova cirurgia, na noite desta quinta-feira (9). 
 
A vítima do acidente foi submetida a um procedimento neurocirúrgico para correção de hidrocefalia, no Hospital São Marcos, no bairro Paissandu, no Recife.
 
A medida foi tomada por causa de acúmulo de líquidos no cérebro. 

De acordo com o primo de Dávine, Ricardo Lima, a cirurgia correu bem e sem intercorrências.
 
No entanto, mais detalhes sobre o procedimento serão repassados para a família na noite desta sexta-feira (10).

Dávine está internada no hospital particular desde o dia 3 de outubro, após uma determinação da Justiça que ordenou que o Mirabilandia se responsabilize pelos custos do tratamento. 
 
O parque chegou a entrar com recursos para não custear a internação de Dávine, mas não teve o pedido acatado.

A professora segue inconsciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas já respira sem a ajuda de aparelhos. 
 
Atualmente, ela é assistida por uma equipe multidisciplinar e realiza fisioterapia para reduzir os impactos do acidente.

No dia 9 de outubro, a  Dávine passou por uma cirurgia no braço esquerdo para trocar os fixadores que auxiliam no tratamento da fratura exposta. 
 
A professora já havia passado por um procedimento no Hospital da Restauração (HR), pois sofreu um trauma no rosto.

De volta

O parque Mirabilandia voltou a funcionar no dia 2 de novembro, após passar 42 dias interditado por determinação do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). 
 
No dia da reabertura, o espaço não atraiu um grande público,  possivelmente por causa do Feriado de Finados.

O parque de diversões não oferece mais para o público a atração que deixou Dávine Muniz gravemente ferida. 
 
O Wave Swinger está no setor de manutenção do Mirabilandia e não há previsão para que volte a funcionar. No local, foi inserido outro brinquedo. 

Para voltar a funcionar, o parque precisou seguir as dez recomendações do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE).
 
Entre elas a apresentação de documentos de todos os brinquedos, inspeções individualizadas por equipamento assinadas por técnicos e especificação e detalhamento dos documentos sobre manutenção preventiva.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL