Diario de Pernambuco
Busca

Violência

Suspeito de matar ''rival'' e comerciante em Olinda é preso e confessa assassinatos

De acordo com a polícia, Bigodinho atingiu alvo e também provocou morte por bala perdida

Publicado em: 17/11/2023 15:52 | Atualizado em: 17/11/2023 16:02

Crime aconteceu no Varadouro, em Olinda  (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
Crime aconteceu no Varadouro, em Olinda (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
O suspeito de disparar  tiros que mataram  dois homens, sendo um deles vítima de  bala perdida, em Olinda, na segunda (13), foi preso pela polícia.  
 
O caso aconteceu na Avenida Joaquim Nabuco, no bairro do Varadouro. 
 
Segundo a corporação, ele confessou esses crimes e outros três assassinatos. 

A captura do suspeito foi detalhada nesta sexta (17) pela Polícia Civil, durante coletiva de imprensa. 

Os agentes cumpriram um  mandado de prisão e levaram para a cadeia o rapaz de  23 anos, que não teve o nome divulgado.

Ele  é conhecido como Bigodinho, de acordo com informações extraoficiais. 

A prisão, que aconteceu na quinta (16), foi efetuada por um efetivo do  programa Malhas da Lei. 

Ele é suspeito de matar Ramon Henrique Rodrigues da Silva, de 20 anos e José Herycles de Araújo Nascimento, de 25 anos.

José Herycles era dono da uma  loja de celulares e acabou morrendo por bala perdida.
 
Isso porque, segundo a polícia, o alvo do atirador era Ramon. 

“Ele confessou a autoria. Disse que queria matar o Ramon. Mas, disse que só ficou sabendo da segunda vítima quando chegou em casa. Ele descreveu com riqueza de detalhes o crime. Ele também confessou outros três homicídios e uma tentativa de homicídio, que foi este último que resultou no mandado de prisão que estava em aberto”, destacou o delegado Francisco Océlio, responsável pela prisão do suspeito. 

Ainda segundo o investigador, o suspeito já havia cometido outros homicídios em Olinda.
 
“O suspeito já vinha sendo investigado por outros homicídios. A prisão dele não foi pelo duplo homicídio em si. Ele foi preso por um mandado em aberto por uma  tentativa de homicídio praticado em Peixinhos (em Olinda) em julho deste ano. Já sabíamos da existência desse mandado. E para nossa surpresa, quando analisamos as câmeras de videomonitoramento do entorno do local do duplo homicídio, nós constatamos que esse suspeito estava na cena do crime”, explicou o investigador.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL