Diario de Pernambuco
Busca

Treinamento

Profissionais treinam salvamento de passageiros no aeroporto do Recife

A ação é promovida pela empresa Aena Brasil

Publicado em: 24/11/2023 10:30 | Atualizado em: 24/11/2023 13:47


Um grande treinamento de resgate e salvamento de passageiros de voos que chegam ao Recife, foi realizado na manhã desta sexta (24), no Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, no Ibura, na Zona Sul do Recife. 

O Exercício Simulado de Emergência Aeroportuária (ESEA) foi promovido pela empresa Aena Brasil, que administra o aeroporto desde a concessão por parte do Governo do Estado, em 2020. 

O exercício desse porte acontece no período de três a três anos, envolvendo um aparato maior de profissionais de resgate e salvamento para uma maior performance em ocorrências de gravidade no aeroporto. 

O treinamento envolveu 80 profissionais entre socorristas, paramédicos, bombeiros civis, peritos, policiais e funcionários do aeroporto que atuaram na ocorrência simulada atuaram no resgate e salvamento de passageiros de um voo simulado. 

Também estiveram presentes durante a ação o Corpo de Bombeiros (CBMPE), um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi usado no treinamento para o resgaste de vítimas   (Rômulo Chico/DP)
Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi usado no treinamento para o resgaste de vítimas (Rômulo Chico/DP)

Durante o treinamento, o tempo de acionamento e de chegada ao local do acidente pelos profissionais, os recursos internos e externos são avaliados.

A simulação foi de um voo que desembarcou no Aeroporto do Recife, no qual a aeronave apresentou pane hidráulica que culminou na falha do acionamento do trem de pouso. Nisso, a simulação é que a aeronave colidiu com a pista de pouso, resultando em um incêndio dentro do avião que culminou em 10 pessoas feridas, sendo duas delas vítimas fatais.
Socorristas realizaram treinamento do ESEA na manhã desta sexta (24), no Aeroporto do Recife  (Rômulo Chico/DP)
Socorristas realizaram treinamento do ESEA na manhã desta sexta (24), no Aeroporto do Recife (Rômulo Chico/DP)

Bombeiros simulam um incêndio, colocando fogo em entulhos em um local isolado, no Sítio Aeroportuário do aeródromo. Quatro viaturas de anti-incêndio atuaram no combate das chamas, enquanto voluntários encenavam ser as vítimas. 

Socorristas treinaram o atendimento aos passageiros, até mesmo um helicóptero da PRF foi usado para realizar o resgate dos feridos. Ambulâncias do Samu também participaram do treinamento e, até mesmo, a viatura do Instituto de Medicina Legal (IML) esteve presente para recolher os corpos das vítimas fatais. 
Foi simulado um incêndio no Sítio Aeroportuário durante o treinamento do ESEA (Rômulo Chico/DP)
Foi simulado um incêndio no Sítio Aeroportuário durante o treinamento do ESEA (Rômulo Chico/DP)

“A ideia é que estejamos preparados para caso aconteça algum fato similar a este, a gente atenda com rapidez e da melhor forma os passageiros que vão estar em estados críticos. Mesmo sem nenhum acidente específico, as pessoas podem passar mal. Se tiver um acidente mais grave, os pacientes podem estar em estado grave ou de óbito. Então a ideia deste treinamento é a preparação”, explica o diretor do aeroporto do Recife, Diego Moretti.

Diego ainda destaca que o treinamento tem um resultado satisfatório, pois há um grande empenho da comunidade aeroportuária, do Samu, dos bombeiros e dos policiais em uma missão que é de todos.
 


COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL