Diario de Pernambuco
Busca

Balanço

PRF e Samu realizam centésimo atendimento aeromédico em Pernambuco

Duas ocorrências foram atendidas pelas equipes no domingo (26), em duas regiões diferentes do estado

Publicado em: 27/11/2023 12:49 | Atualizado em: 27/11/2023 15:39

Helicóptero foi usado em 100 ações, este ano, pela PRF e Samu Metropolitano  (Foto: PRF/Divulgação )
Helicóptero foi usado em 100 ações, este ano, pela PRF e Samu Metropolitano (Foto: PRF/Divulgação )
Cem atendimentos com a utilização de helicóptero em menos de um ano. Essa foi a marca conquistada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)do Recife.
 
O número de resgates foi atingido no último domingo (26). As equipes atuam em 31 municípios pernambucanas. 
 
Segundo a PRF, a atividade foi retomada no período do carnaval e inclui dados de resgates aeromédicos, remoção de pacientes e transporte de órgãos para transplante.
 
No domingo, o piloto de uma motocicleta foi resgatado de helicóptero na BR 408, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.
 
Ele foi encaminhado ao Hospital da Restauração (HR), no Recife. O homem de 29 anos se envolveu em uma colisão com outra moto, que atravessava a via.
 
No mesmo dia, uma mulher que sofreu uma intoxicação foi transportada de Quipapá, na Zona da Mata, até o Hospital Regional de Palmares, na mesma região.
 
“Chegar a centésima vítima socorrida por essa parceria só demonstra a importância de um equipamento tão relevante e ágil quanto um helicóptero pra salvar uma vida. São números maiúsculos de um serviço que já tem sua história marcada no resgate aéreo de Pernambuco e que a gente avance cada vez mais, salvando mais pessoas”, complementou o coordenador-geral do SAMU Metropolitano do Recife, Leonardo Gomes. 
 
Balanço

Este ano, foram realizados 62 resgates aeromédicos, principalmente de vítimas de acidentes de trânsito, 34 remoções de pacientes graves entre unidades de saúde e quatro transportes de corações para transplante. 

“A retomada da parceria com o Samu tem sido fundamental para oferecer um atendimento pré-hospitalar ágil e crucial para salvar vidas. Com a utilização da aeronave, conseguimos oferecer uma resposta rápida e especializada em situações de emergência”, ressalta o chefe do Núcleo de Operações Aéreas da PRF, Victor Bondan. 

A equipe da aeronave é composta por médicos, enfermeiros, pilotos, co-piotos e operadores aerotáticos, que ficam de prontidão na Base Aérea da PRF, localizada no bairro do Jordão, na Zona Sul do Recife.
 
Essas equipes são acionadas pela Central de Regulação de Urgência do Samu
 
O helicóptero, modelo Koala, funciona como uma UTI aérea, com equipamentos, monitores e medicamentos que auxiliam na manutenção da vida de pacientes.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL