Diario de Pernambuco
Busca

Enem

Quase 220 mil pernambucanos farão o Enem; confira como será a aplicação das provas

Número de inscritos em todo o Brasil supera o do ano anterior, mas não quebra o recorde de 8,7 milhões, registrado em 2014

Publicado em: 30/10/2023 06:00 | Atualizado em: 30/10/2023 05:58

Os alunos já podem acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição através da Página do Participante (Foto: Marcello Casal Jr/Agencia Brasil)
Os alunos já podem acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição através da Página do Participante (Foto: Marcello Casal Jr/Agencia Brasil)
Pelo menos 218 mil Pernambucanos farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 5 e 12 de novembro. O maior vestibular do Brasil é a principal porta de entrada para as universidades públicas e particulares. O número de inscritos no Brasil na edição deste ano é de mais de 3,9 milhões de pessoas, superando a do ano anterior, que registrou 3,3 milhões de inscrições. 

O vestibular é composto por uma redação e 180 questões objetivas divididas entre quatro áreas de conhecimento, sendo elas: Linguagens, códigos e suas tecnologias, Ciências humanas e suas tecnologias, Ciências da natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias. Para facilitar os estudos, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) disponibiliza todas as provas das edições anteriores com as respostas corretas.

Os alunos já podem acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição através da Página do Participante. O comprovante também fornece informações sobre a necessidade de atendimento especializado. O acesso deve ser feito por meio do login único da plataforma gov.br. O estudante não é obrigado a apresentar o cartão durante a realização da prova, mas o Inep recomenda levá-lo.

No dia da aplicação das provas, os estudantes poderão entrar nos locais até às 13h. No primeiro dia, as provas serão entregues às 13h30 e poderão ser respondidas até às 19h. Já no segundo, a aplicação é das 13h30 até às 18h. No primeiro dia, as questões são das matérias de Ciências Humanas, Linguagens e Redação e, no seguinte, o conteúdo tratará sobre Matemática e Ciências da natureza.

O que levar e o que não levar para o Enem

Antes de entrar na sala, os estudantes receberão um envelope porta-objetos, onde deverão guardar tudo que não é permitido na hora da prova, como celular, relógio, óculos escuros e boné. Também não é permitido que o aluno faça a prova munido de caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos e anotações.
 
O envelope para guardar tais objetos deve ser fechado e lacrado e ficará debaixo da cadeira até o fim da prova.

Por outro lado, os vestibulandos deverão levar no dia do exame ao menos uma caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente e documento oficial de identificação, original e com foto. Ainda é aconselhável que o estudante leve o Cartão de Confirmação de Inscrição e a Declaração de Comparecimento impressa.

Enem PPI e reaplicação de provas

As provas do Enem 2023 para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) e a reaplicação do Enem Regular serão realizadas nos dias 12 e 13 de dezembro. As inscrições vão ocorrer de 9 de outubro a 27 de outubro. A divulgação do resultado será na mesma data do Enem regular, em 16 de janeiro de 2024.

De acordo com o Inep, “as provas do Enem PPL têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação, que acontece dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa, de cada unidade da Federação. Só podem participar aqueles que assinam Termo de Adesão, Responsabilidade e Compromisso, por meio de um sistema on-line”.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL