Diario de Pernambuco
Busca

PREMIAÇÃO

Projeto desenvolvido em Jaboatão ganha prêmio internacional na área da Saúde

Iniciativa foi reconhecida pelo acolhimento, fortalecimento de vínculos e promoção de ações voltadas para pessoas em situação de rua

Publicado em: 06/10/2023 15:32

Projeto concorreu com outros 100 da América Latina e Caribe (foto: Divulgação )
Projeto concorreu com outros 100 da América Latina e Caribe (foto: Divulgação )

O projeto que atende pessoas em situação de vulnerabilidade social, desenvolvido no município de Jaboatão dos Guararapes, está entre os três vencedores do Prêmio Iniciativa de Inovação Social em Saúde da OPAS-SIHI LAC 2023. A iniciativa “Todo artista tem que ir aonde o povo está” – Estratégia de Vacinação Extramuros da População em Situação de Rua” concorreu com outras 100 da América Latina e Caribe.

 

O resultado da premiação foi informado à Prefeitura do município pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) nesta sexta-feira (06/10). Os projetos vencedores serão apresentados em um workshop, que acontecerá entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro, em Washington DC, Estados Unidos, em uma parceria entre a OPAS e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

O objetivo da iniciativa é realizar acolhimentos, fortalecimento de vínculos e promoção da saúde. As ações são voltadas para pessoas em situação de rua, uso abusivo de drogas, profissionais do sexo e outras pessoas em situação de vulnerabilidade.Dentre as ações realizadas estão: atualizações vacinais; entrega de analgésicos e antitérmicos para possíveis efeitos colaterais; distribuição de água mineral, lanches, preservativos e lubrificantes; acolhimento e sensibilização para adesão aos serviços; realização de pré-cadastro para Cadúnico e confecção de cartão SUS.

 

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Mano Medeiros, celebrou a conquista do prêmio.  "Nossa gestão tem como prioridade oferecer melhores condições e qualidade de vida para todos os jaboatonenses. E há uma atenção especial às pessoas em situação de vulnerabilidade. Essa estratégia exitosa é mais um exemplo do compromisso e de um trabalho que vem sendo efetivo. Para nós é uma satisfação servir de referência para outros países”, disse Mano. 

 

A secretária municipal de Saúde, Zelma Pessôa, destacou a importância do projeto. “Trabalhar pela equidade social e em saúde é a mola que nos impulsiona incessantemente. Entender cada indivíduo como parte do todo e tratá-lo sob esta ótica, faz com que possamos realizar estratégias de saúde mais justas e com acesso ampliado. Acertamos no caminho quando construímos coletivamente,  respeitando as diferenças. Essa gestão tem um olhar voltado para os mais vulneráveis e prioriza o tratamento equânime da população”, pontuou Zelma.

 

O projeto que participará do evento, que acontece nos Estados Unidos, receberá o reconhecimento da OPAS-OMS e fará parte da rede regional de inovação social em saúde na América Latina e no Caribe (ALACISS).  

 

A Iniciativa de Inovação Social Em Saúde (SIHI) é uma rede global de indivíduos, organizações e instituições que defendem a inovação social na saúde e promovem a investigação em inovação social. Lançada em 2014, a Rede SIHI está crescendo cada vez mais e premia iniciativas inovadoras em toda América Latina e Caribe.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL