Diario de Pernambuco
Busca

Crime em Aldeia

Irmã de médico assassinado vai a julgamento de sobrinho e pede Justiça:''Espero que ele pague pelo que fez''

Cleonice Paes saiu do Sertão e foi até o fórum de Camaragibe levando uma faixa, nesta quarta (25)

Publicado em: 25/10/2023 09:56 | Atualizado em: 25/10/2023 11:21

Cleonice (esquerda) levou faixa e pediu Justiça para o irmão assassinado  (Foto: Romulo Chico/DP)
Cleonice (esquerda) levou faixa e pediu Justiça para o irmão assassinado (Foto: Romulo Chico/DP)
“Ele é culpado e eu espero que a Justiça seja feita para que ele pague pelo que fez”. 
Essa é a afirmação foi feita pela autônoma Cleonice Paes da Silva, de 60 anos.  

Ela é irmã do médico Denilson Paes da Silva, morto em 2018, e tia de Danilo Paes Rodrigues, de 28 anos, filho da vítima e réu por envolvimento no assassinato do próprio pai, em 2018.
  
Cleonice esteve no Fórum de Camaragibe, no Grande Recife, onde acontece o julgamento de Danilo Paes.
 
Nesta quarta (25),  segundo dia de júri popular, a tia do réu levou uma faixa com a frase “Esperamos a Justiça dos homens, pois sabemos que a de Deus é conosco”. 
 
O corpo do médico foi encontrado esquartejado em uma cacimba, no condomínio em quea família morava, em Aldeia.  
 
A viúva, Jussara Rodrigues da Silva Paes, foi condenada em júri popular, em 2019, a  uma pena de 19 anos de prisão pela execução e ocultação de cadáver da vítima.  
 
Julgamento
 
Realizado no Fórum Desembargador Agenor Ferreira de Lima, o júri é presidido pela juíza Marília Falcone Gomes Lócio e tem previsão para durar mais dois dias. A sentença deve sair até a próxima sexta (27). 
 
A previsão para esta quarta (27), é que o réu seja ouvido pela magistrada e, em seguida, tenha início a fase de debates entre acusação, por parte do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e dos advogados de defesa do acusado.
 
Nesta quarta, Danilo Paes chegou ao fórum ressaltando que vai provar a inocência, com base nas provas que a defesa apresentará aos jurados. 
 
Danilo Paes se exaltou no primeiro dia de julgamento, mas pediu desculpas  (Foto: Reprodução/Redes sociais )
Danilo Paes se exaltou no primeiro dia de julgamento, mas pediu desculpas (Foto: Reprodução/Redes sociais )
Na terça (24), ele se desculpou publicamente pelo comportamento agressivo que teve com as equipe de imprensa que estavam no local realizando a cobertura do caso. 
 
O réu responde por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, com emprego de meio cruel e cometido à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação.
 
Ele também foi imputado ao crime de ocultação de cadáver. 
 
Depoimento
 
Antes do início da sessão, Em entrevista ao Diario de Pernambuco, Cleonice Paes falou sobre a expectativa do julgamento e fez declarações fortes sobre o réu.  
 
Cleonice saiu de Petrolina, no Sertão do estado, onde mora há anos, e percorreu uma distância de 709 quilômetros para chegar até Camaragibe e acompanhar o julgamento do sobrinho. 
 
Ela afirmou que também veio até o Grande Recife para estar ao lado dos pais que, segundo ela, vivem à base de medicamentos e cuidados para tratar da depressão após o assassinato do médico. 

Confira os principais pontos da entrevista:


A senhora acredita que o Danilo é culpado?

“Ele é culpado, sim. Eu não vi ele fazendo o crime, mas as provas dizem que ele é culpado. Estou convicta plenamente disso. Eu quero que ele pague pelo o que fez. Plantou e agora vai colher”.


Durante o primeiro dia de julgamento, a senhora falou com ele?

“Eu o vi no auditório, olhei para a cara dele, mas não quis falar. Não quero contato”.


Qual o sentimento de momento?

“Eu estou me sentindo mais aliviada da dor, pois estou vendo que a Justiça está sendo feita. Ele vai ser condenado, não tenho dúvidas”. 


Como está a família diante do caso?

“Meus pais estão muito arrasados e não podem ficar sozinhos. Desde que meu irmão morreu, a vida deles não é a mesma. Vivem à base de medicamentos. A vida deles acabou, a minha e dos meus irmãos também”.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL