Diario de Pernambuco
Busca

POLÍCIA

Homem é espancado até a morte depois de tentar assassinar idoso

Caso Aconteceu nesta segunda (2), em Maranguape II, em Paulista

Publicado em: 02/10/2023 14:28 | Atualizado em: 02/10/2023 14:46

O caso aconteceu em Maranguape II.  Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito para investigar o caso. (Foto: Reprodução/Internet)
O caso aconteceu em Maranguape II. Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito para investigar o caso. (Foto: Reprodução/Internet)
Um homem foi espancado até a morte pela população, neta segunda (2), em Paulista, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o linchamento aconteceu depois que o suspeito tentou matar um idoso de 71 anos. 
 
O caso aconteceu em Maranguape II. O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou um inquérito para investigar o crime. O homem que morreu tinha 41 anos e não teve o nome divulgado. Ele tentou espancar o idosos e, por pouco, não cometeu o homicídio. 
 
De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, o idoso foi levado para uma unidade hospitalar do município. Até a última atualização desta matéria, não havia  informações sobre seu estado de saúde. Embora não há confirmação da polícia, segundo relatos repassados à reportagem do Diario de Pernambuco, o caso ocorreu na rua 103, em Maranguape II. 
 
A assessoria de imprensa da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), informou que uma viatura do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi acionando na manhã desta segunda (2), para isolar o local em que o corpo do suspeito foi encontrado, já sem vida ao não resistir aos ferimentos do linchamento. 

Ainda segundo a assessoria de imprensa da PCPE, uma equipe da Força-Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Norte do DHPP foi acionada para registrar o homicídio e iniciar as conduções das investigações. Além disso, uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) também esteve no local para realizar a perícia no corpo do suspeito que, em seguida, foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área Central do Recife;

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL