Diario de Pernambuco
Busca

FISCALIZAÇÃO

Comidas vencidas são encontradas em abrigos de idosos

Apesar das irregularidades, ninguém foi autuado em flagrante. Segundo a autarquia de fiscalização do consumidor.

Publicado em: 05/10/2023 11:46 | Atualizado em: 05/10/2023 12:40

Uma fiscalização do Procon resultou na apreensão de alimentos perecíveis fora do prazo de validade oferecidos à idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) no Recife.  (Procon Recife/Divulgação)
Uma fiscalização do Procon resultou na apreensão de alimentos perecíveis fora do prazo de validade oferecidos à idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) no Recife. (Procon Recife/Divulgação)
Uma fiscalização do Procon resultou na apreensão de alimentos perecíveis fora do prazo de validade oferecidos à idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) no Recife. 

A ação foi feita a partir de uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Foram duas etapas: uma no dia 27 de setembro e outra na terça (3). 
 
Apesar das irregularidades, ninguém foi autuado em flagrante. Segundo a autarquia de fiscalização do consumidor, a operação identificou a irregularidade em dois locais de acolhimento, após denúncias encaminhadas ao MPPE.
 
Uma delas aconteceu  no bairro de Sítio dos Pintos, na Zona Norte do Recife, e outra em Casa Amarela, na mesma região. 
Também participaram da ação equipes do Corpo de Bombeiros de Pernambuco (CBMPE), da Vigilância Sanitária do município e da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). 

De acordo com o Procon, na ILPI de Sítio dos Pintos, foram encontradas embalagens abertas de produtos vencidos como massa para mingau, fermento, trigo e milho. 
 
Na unidade de Casa Amarela, os fiscais identificaram a presença de dois iogurtes com prazos de validade vencidos e algumas porções de batata doce, cenouras e melancia que estavam impróprias para consumo. Os alimentos foram descartados.
 
De acordo com o Procon, o consumidor pode acionar o Procon Recife pelo Whatsapp, pelo número (81) 3355-3286, ou pelo site procon.recife.pe.gov.br, além também do e-mail: denunciaproconrecife@recife.pe.gov.br.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL