Diario de Pernambuco
Busca

FISCALIZAÇÃO

Operação contra desmatamento aplica R$ 1,2 milhão em multas e resgata animais

Balanço da ação Mata Atlântica em Pé, realizada em 22 cidades pernambucanas, foi divulgado nesta sexta (29)

Publicado em: 29/09/2023 11:53 | Atualizado em: 30/09/2023 00:15

Balanço da ação Mata Atlântica em Pé, realizada em 22 cidades pernambucanas,  foi divulgado nesta sexta (29) (Foto: Divulgação/MPPE.)
Balanço da ação Mata Atlântica em Pé, realizada em 22 cidades pernambucanas, foi divulgado nesta sexta (29) (Foto: Divulgação/MPPE.)

Uma mata atlântica mais segura e livre do desmatamento ilegal. Esse foi o foco da Operação “Mata Atlântica em Pé” deflagrada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em conjunto com outros órgãos de fiscalização do meio ambiente, além de forças de segurança. 
 
A meta foi coibir o contrabando ilegal do bioma. Mais de R$ 1,2 milhão em multas foram aplicadas aos infratores ambientais e 27 animais silvestres resgatados em cativeiro.
 A ação ocorreu entre os dias 18 a 22 deste mês, mas o balanço total das ações foi divulgado nesta sexta (29). 

A ação foi coordenada pelo Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente do MPPE, com o apoio da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente da Polícia Militar de Pernambuco (Cipoma), da Delegacia de Polícia do Meio Ambiente (Depoma) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 
A meta foi coibir o contrabando ilegal do bioma. Mais de R$ 1,2 milhão em multas foram aplicadas aos infratores ambientais e 27 animais silvestres resgatados em cativeiro. (Foto: Divulgação;MPPE)
A meta foi coibir o contrabando ilegal do bioma. Mais de R$ 1,2 milhão em multas foram aplicadas aos infratores ambientais e 27 animais silvestres resgatados em cativeiro. (Foto: Divulgação;MPPE)

Segundo o MPPE, os agentes fiscalizam 485 hectares de mata verde em 22 cidades pernambucanas. Houve um um aumento de 8,5% no número de hectares fiscalizados em comparação com o mesmo período do ano passado. 
 
Foram 60 alvos da operação, no qual foram aplicados um total de R$ 1.239.000,00 em multas pecuniárias. Participaram da operação um total de 42 agentes.
Depois da autuação, o MPPE informou que vai enviar os autos de infração aos Promotores de Justiça nas comarcas para promover a responsabilização cível e criminal.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL