Diario de Pernambuco
Busca

Operação

Furto de água de adutora é flagrado no Agreste

Desvios causaram a redução de 50% da capacidade de abastecimento entre Brejo da Madre de Deus e de Santa Cruz do Capibaribe

Publicado em: 27/09/2023 10:28 | Atualizado em: 27/09/2023 11:00

Polícia detectou desvio de água em adutora  (SDS/Divulgação)
Polícia detectou desvio de água em adutora (SDS/Divulgação)
O furto de água de uma adutora no Agreste do estado foi flagrado pela Polícia Civil de Pernambuco.
 
A descoberta do crime aconteceu durante uma operação conjunta com a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).
 
Os desvios causaram a redução de 50% da capacidade de abastecimento entre os municípios de Brejo da Madre de Deus e de Santa Cruz do Capibaribe. 

Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), a ação, deflagrada na terça (26), foi denominada de "Adutora".
 
Esta foi a 63ª Operação de Repressão Qualificada da PCPE este ano. As equipes cumpriram 32 mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Vara Única da Comarca de Brejo da Madre de Deus.

A operação foi realizada depois que a Compesa identificou a existência de ligações cladestinas de água. 
 
Com o furto de água no local, os moradores desabastecidos tinham que contratar os serviços de caminhões-pipas para fazer o abastecimento. 
 
As investigações começaram em maio deste ano. A 1ª Vara Cível da Comarca de Santa Cruz do Capibaribe acolheu um encaminhamento do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).
 
O MPPE pediu que a Compesa cumprisse o calendário de abastecimento daquela região, assegurando o fornecimento de água aos moradores, sob pena de multa diária. Entratanto, a companhia identificou as ligações clandestinas.

A operação contou com o apoio de 270 profissionais. As investigação tiveram o assessoramento da Diretoria de Inteligência da PCPE,  (Dintel) e pelo Centro Integrado de Inteligência de Defesa Social  CIIDS/SDS).
contando ainda com o apoio operacional da Polícia Científica.
 
Participaram, ainda, a Polícia Militar (PMPE), do Corpo de Bombeiros Militar (CBMPE) e do Grupamento Tático Aéreo  (GTA/SDS), além da Compesa e do Grupo Neoenergia.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL