Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SAÚDE

Prefeitura do Recife estabelece novo modelo de gestão na saúde

Publicado em: 03/08/2022 09:55

 (Iniciativa visa valorizar o corpo técnico da rede municipal a partir de avaliação e desempenho relacionado ao atendimento dos usuários. Foto: Edson Holanda / PCR.)
Iniciativa visa valorizar o corpo técnico da rede municipal a partir de avaliação e desempenho relacionado ao atendimento dos usuários. Foto: Edson Holanda / PCR.

O prefeito do Recife, João Campos, sancionou, nesta terça-feira (2), uma lei que estabelece um novo modelo de gestão da Rede Municipal de Saúde. O regimento tem como objetivo melhorar e fortalecer os serviços oferecidos aos recifenses. O texto, de autoria da Prefeitura do Recife, trata da valorização dos servidores instituindo diferentes níveis de gratificações que podem ser atribuídas conforme as atividades desempenhadas descritas na legislação. A Lei será publicada no Diário Oficial do município.

“A saúde passa a contar com um novo modelo de gestão. Todas as nossas unidades terão um gestor específico para que o cidadão possa reconhecer o responsável pela unidade e também avaliar o seu serviço. A seleção vai ser feita dentro da nossa rede e a gente vai ter um mecanismo de remuneração variável. Parte da remuneração desse gestor, seja de uma policlínica, de uma unidade básica de saúde, de uma maternidade, vai ser feita com base em vários indicadores, e essa remuneração, a satisfação do usuário, do recifense, vai ter um peso muito importante para sua definição”, explicou o prefeito.

 A expectativa é que as gratificações incorporadas devam representar um total de R$ 11 milhões anuais a mais investidos pela gestão municipal. De acordo com a lei, todas as bonificações serão aplicadas mediante desempenho. Ao todo, serão beneficiados mais de 220 servidores da Secretaria de Saúde do Recife.

“Esse é um primeiro passo. Na próxima semana, nós vamos compartilhar outros anúncios importantes para fortalecer a nossa rede. Desde o início, nós temos uma prioridade na saúde e a gente entende que o mais importante é garantir que o recifense se sinta bem tratado, bem acolhido, e que tenha todas as ferramentas à disposição. O fortalecimento da rede é algo constante. Nós já chamamos mais de 1.500 profissionais desde o início do ano passado e vamos ter muitas outras melhorias que vamos anunciar em breve. Um modelo que garante uma gestão por resultado com qualidade do serviço”, acrescentou.

Investindo na valorização dos profissionais, a lei municipal reforça a importância do atendimento humanizado para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). As gratificações, que podem chegar até R$ 5,5 mil, a depender da função, serão uma forma de reconhecimento do trabalho realizado pelo servidor, e também vão impactar diretamente na assistência oferecida aos recifenses que utilizam a Rede Municipal de Saúde. Para isso, além de definir indicadores para acompanhar o desempenho das equipes, a Secretaria de Saúde da capital vai colocar a satisfação do usuário como protagonista, possibilitando que, ao fim do serviço, ele avalie a qualidade do mesmo.

“Essa é uma iniciativa do novo modelo de gestão da Secretaria de Saúde do Recife com o objetivo de qualificar a atenção prestada ao nosso usuário. Serão supervisores e coordenadores nos nossos distritos sanitários e unidades de saúde, que receberão a gratificação por desempenho e será medido através de indicadores e metas pré-selecionadas. Eles farão a ponte entre o usuário e os trabalhadores de saúde garantindo o bom funcionamento das nossas unidades”, frisou a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com Orson Lemos (TRE-PE), dra. Elizabeth Moreno e Cristiano Carrilho
Manhã na Clube: entrevistas com dra. Silvia Fontan, oncologista, e a advogada Géssica Araújo
Taiwan inicia testes militares e acusa Pequim de preparar invasão
Incêndio em terceiro tanque de petróleo no oeste de Cuba
Grupo Diario de Pernambuco