Diario de Pernambuco
Busca

DOUTORES DA ALEGRIA

Doutores da Alegria lançam livro de contos com histórias vivenciadas em hospitais

Publicado em: 05/08/2022 13:34 | Atualizado em: 05/08/2022 17:12

 (Foto: Divulgação. )
Foto: Divulgação.
Os Doutores da Alegria vão lançar um livro de contos, com histórias reais dos encontros entre palhaços e crianças hospitalizadas, seus acompanhantes e profissionais de saúde. O livro recebe o nome“Coletânea Conta Causos – Volume 1” e reúne 13 contos escritos por cada um dos artistas do elenco pernambucano dos Doutores da Alegria.
 
Alguns exemplares do livro serão simbolicamente entregues aos hospitais parceiros da associação pela dupla de artistas que realiza intervenções duas vezes por semana na respectiva unidade de saúde. Nestes dias, a manhã de trabalho dos artistas vai incluir a contação da história que cada palhaço escreveu para as crianças internadas, de forma individualizada, nas visitas leito a leito.
 
A primeira ação especial de lançamento do livro “Coletânea Conta Causos” nos hospitais será no dia 8 de agosto, na próxima segunda-feira, no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no bairro dos Coelhos; na terça, 9 de agosto, é a vez do Hospital Universitário Oswaldo Cruz e do Procape, em Santo Amaro; na quarta, 10 de agosto, do Hospital da Restauração, no Derby; e, na quinta, dia 11, do Hospital Barão de Lucena, na Iputinga. As intervenções dos palhaços nos hospitais começam sempre às 10h.
 
Além de lançar os livros nos hospitais, haverá um lançamento com uma live especial no dia 11 de agosto, às 17h, no canal do YouTube dos Doutores da Alegria (youtube.com/canaldosdoutoresdaalegria). A ideia é fazer um bate-papo sobre o processo de criação do livro, desde as aproximações dos artistas com a literatura até as ilustrações e a acessibilidade do projeto, e uma contação de histórias especial de alguns contos que compõem a publicação.
 
Há 31 anos, sendo 19 deles no Recife, Doutores da Alegria leva arte e acolhimento aos hospitais. Os palhaços já estavam acostumados a escrever textos sobre as experiências nas unidades de saúde, que são publicados no site da associação. Mas essa é a primeira vez que os relatos ganharam tratamento literário e foram transformados em livro.
 
“É uma forma de ampliar o público do nosso trabalho, compartilhando a nossa atuação nos hospitais com pessoas que não estão internadas, que não necessariamente vão passar pela experiência de acompanhar um atendimento dos Doutores da Alegria”, conta Arilson Lopes, coordenador artístico da unidade Recife, que organizou o livro ao lado de Luciano Pontes (Dr. Lui), ator, palhaço e escritor.
Os contos passeiam por temas como tempo, vida e morte e o universo lúdico da criança e são marcados pela fantasia e pela poesia. “Sempre nos perguntam como nós, artistas, lidamos com as questões delicadas relacionadas ao hospital, como doença e morte. Em cada conto, os palhaços tiveram a oportunidade de responder esse questionamento de maneira poética”, avalia Luciano Pontes.
As ilustrações do livro são da aquarelista Simone Mendes e subvertem a imagem tradicional do palhaço. Os traços delicados e os desenhos em tons pastéis revelam um elemento que se repete, embora ressignificado: o nariz vermelho do palhaço. Por exemplo: e se o nariz vermelho for um nariz de peixe? Ou for o sol? O prefácio da publicação é do médico e escritor Ronaldo Correia de Brito e a apresentação de Ronaldo Aguiar, ator e palhaço, diretor artístico dos Doutores da Alegria.
 
Versão digital e acessibilidade 
O livro “Coletânea Conta Causos – Volume 1” será entregue aos hospitais e a bibliotecas, mas todos podem ter acesso ao pdf da publicação, disponibilizado no site contacausos.doutoresdaalegria.org.br.
 
Há ainda uma versão digital do livro, que conta com recursos de acessibilidade: estão disponíveis a audiodescrição de todas as ilustrações e a tradução/interpretação em Libras dos contos e demais textos que compõem o livro.
 
O projeto de acessibilidade foi conduzido pela VouSer Acessibilidade: Andreza Nóbrega e Thiago Cerejeira foram os roteiristas da audiodescrição e Andreza narrou os vídeos; e Efraim Canuto fez a tradução/interpretação em Libras dos contos narrados pelos artistas-autores dos textos.
 
O livro “Coletânea Conta Causos Volume 1” conta com o apoio do Funcultura.
 
Doutores da Alegria 
Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos. Fundada em 1991 por Wellington Nogueira, transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e reforça a cultura como um direito de todos.
 
Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais de São Paulo e Recife. No Rio de Janeiro, com o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em sete hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens.
 
Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria?
O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a continuidade e a expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas. Para contribuir com a manutenção do trabalho, basta acessar o site www.doutoresdaalegria.org.br ou pelo Facebook (/Doutores). Mais informações em www.doutoresdaalaegria.org.br
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

OAB-PE entrega medalha Joaquim Amazonas

13/08/2022 às 08h00

Bicentenário é comemorado oficialmente neste sábado, dia 13 de agosto

TJPE celebra 200 anos de existência com elo entre passado e futuro

13/08/2022 às 07h09

Colégio Salesiano Recife é campeão dos Jogos Escolares de Pernambuco

12/08/2022 às 20h13

IMIP atinge a marca de mil transplantes de córnea

12/08/2022 às 19h11

Araçoiaba inaugura Central de Oportunidades de Pernambuco

12/08/2022 às 19h07

Neste sábado (13), Viva os Bairros chega ao bairro do Totó

12/08/2022 às 19h03

Estudantes pernambucanos são campeões do Festival Internacional de Robótica

12/08/2022 às 18h30

Rota do Atlântico realiza obra de requalificação no km 36 da PE-009, em Suape

12/08/2022 às 18h22

Grupo de Teatro Solar Móvel de São Paulo se apresenta gratuitamente no Jaboatão Centro, por meio de parceria da Prefeitura com o Sesc

12/08/2022 às 17h54

Recife promove vacinação itinerante contra Covid-19 e influenza em nove locais neste fim de semana

12/08/2022 às 16h46

Recife divulga esquema especial de serviços para gravação de DVD do cantor João Gomes

12/08/2022 às 16h42

CTTU monta esquema especial de trânsito para eventos no centro do Recife neste fim de semana

12/08/2022 às 16h23

Pernambuco amplia vacinação contra a Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos 

12/08/2022 às 16h07

Prouni Recife divulga resultado da segunda convocação

12/08/2022 às 16h04

Recife realiza mutirão de arbovirose nos bairros do Jordão e Nova Descoberta neste sábado (13)

12/08/2022 às 15h03

Moradores do bairro Mirueira em Paulista recebem uma academia

12/08/2022 às 14h05

CGM participa do 1º Encontro de Controladores Internos de PE

12/08/2022 às 13h53

TJPE receberá visita de representantes do CNJ na próxima segunda-feira(15)

12/08/2022 às 13h52