Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

EDUCAÇÃO

Prefeitura do Recife avança com programa Escola no Grau

Publicado em: 18/07/2022 13:22 | Atualizado em: 18/07/2022 13:27

 (Foto: Rodolfo Loepert / PCR.)
Foto: Rodolfo Loepert / PCR.

A Prefeitura do Recife avança com o programa Escola no Grau. Das 200 unidades educacionais que serão requalificadas até o final de 2024, 63 já estão com obras em andamento. Uma delas é a Escola Municipal Diácono Abel Gueiros, localizada no bairro da Macaxeira, na Zona Norte, que está recebendo investimentos na ordem de R$ 700 mil e deverá ficar pronta já em agosto.

 

Nesta segunda-feira (18), o prefeito do Recife, João Campos, acompanhou, no local, os trabalhos que envolvem revisão geral da coberta, revestimento cerâmico, além de melhorias em todas as salas de aula para garantir um ambiente ainda mais acolhedor e seguro para o dia a dia escolar.

 

De acordo com o prefeito, além das 63 unidades educacionais que já estão sendo beneficiadas no momento, outras 60 receberão intervenções até o fim deste ano. “A Escola Municipal Abel Gueiros faz parte das primeiras escolas contempladas no Escola no Grau. A gente anunciou, recentemente, que serão R$ 200 milhões, que serão investidos em infraestrutura escolar nesses próximos anos. E já estão em obras, no Recife, 63 escolas. A gente está numa força tarefa para começar mais de 60 até o final do ano, chegando próximo a 130 escolas sendo reformadas e requalificadas só neste ano. Então, este é o maior conjunto de investimento de infraestrutura da educação do Recife”, afirmou João Campos durante a visita.

 

“A gente sabe que, fazendo isso, traz mais conforto para as crianças, para os professores e demais trabalhadores, tranquilidade para pais e mães, e para toda a comunidade escolar. Esses serviços fazem parte dos eixos para melhoria da educação, desde o pedagógico, alfabetização, equipamentos e fortalecimento também da estrutura das escolas, e sempre a valorização do trabalhador e da trabalhadora da educação. Vamos,  juntos, trabalhando pela educação do Recife”, acrescentou.

 

Atualmente, a unidade de ensino conta com oito salas de aula, sala de leitura, sala de recursos, sala dos professores, cozinha e banheiros para estudantes, pessoas com deficiência e funcionários. Ao todo, a E.M. Diácono Abel Gueiros tem 16 turmas, recebendo 377 estudantes divididos entre o Grupo IV e o 5º ano.

 

As principais intervenções realizadas na escola estão sendo a construção de uma nova sala de recursos para educação especial, uma nova sala dos professores, banheiro acessível, revisão geral da coberta e revestimento cerâmico no piso e nas paredes de toda a estrutura. A escola ainda está recebendo uma requalificação completa em toda a parte elétrica, forro de PVC nas salas de aula e circulação, requalificação da cozinha e dos banheiros, além de aplicação de lajota no corredor de entrada e na calçada.

 

Escola no Grau

 O programa Escola no Grau foi lançado no último dia 30 de junho. A iniciativa abrange cinco grandes eixos: ampliações, requalificações, construção de novas unidades educacionais, construção de quadras cobertas e construção de novas sedes, tornando a Rede Municipal de Ensino do Recife ainda mais confortável, segura e atrativa para profissionais e estudantes. Com investimentos na ordem de R$ 200 milhões, o Escola no Grau vai requalificar 200 escolas e creches até o final de 2024. Atualmente, há 63 unidades educacionais sendo requalificadas. Mais de 60 deverão ter as obras iniciadas ainda neste ano e outras 71 escolas serão licitadas no ano que vem.

 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com dr. Heitor Medeiros e André Navarrete (Innovation Meeting)
Em busca de água, indígenas brasileiros encontram novo lar
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Grupo Diario de Pernambuco